Top

Novembro Azul: é tempo de se cuidar

Novembro Azul: é tempo de se cuidar

Você com certeza já ouviu sobre o Novembro Azul que, assim como o Outubro Rosa, tem campanha todos os anos para conscientizar a população sobre o câncer de próstata. Antes de te contar mais sobre os dados da doença, queria te fazer uma pergunta: você sabe por que a campanha do Novembro Azul começou?

Vamos voltar alguns anos, lá em 2003, na Austrália, quando iniciou-se o movimento Novembro Azul. O objetivo foi a conscientização do diagnóstico de doenças que atingem a população masculina. Aqui, no Brasil, a ação começou em 2008. 

CÂNCER DE PRÓSTATA

A próstata é uma glândula presente nos homens, que fica próxima à bexiga. Em homens jovens, o órgão tem o tamanho de uma ameixa, mas, com o passar da idade, ele vai aumentando. O câncer de próstata é a multiplicação das células de forma descontrolada e, muitas vezes, a doença não apresenta sintomas, aumentando o risco do câncer crescer e se espalhar para outros órgãos.

De acordo com a pesquisa do INCA, Estimativa 2020 – Incidência de Câncer no Brasil, em 2020, serão contabilizados cerca de 65 mil novos casos, sendo esse o segundo câncer que mais mata homens no país.

Dados sobre câncer de próstata

Diferente do câncer de mama que não existe uma causa específica para o desenvolvimento da doença, no câncer de próstata, a idade, sobrepeso/obesidade e o histórico de câncer de próstata na família são os principais fatores para a evolução da doença.  

DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

  • Segundo o Portal da Urologia, após quase dois anos de pandemia, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) informa que o Novembro Azul apresenta impactos à saúde masculina, especialmente, com o diagnóstico e tratamento do câncer de próstata. 
  • O portal apresenta dados do Ministério da Saúde, que revelam uma redução de 21,5% das cirurgias para retirada da próstata por câncer na comparação entre 2019 e 2020.  A coleta de PSA e de biópsia da próstata que, junto ao exame de toque retal, diagnosticam a doença, tiveram quedas na ordem de 27% e 21%, respectivamente. O número de consultas urológicas no SUS também caiu 33,5%. E as internações de pacientes com o diagnóstico da doença tiveram queda de 15,7%. Ou seja, o diagnóstico precoce é muito importante.
  • As consultas com um urologista em 2021 continuam baixas. Até julho, foram realizadas 1.812.982 consultas. Em 2019, foram 4.232.293 e, em 2020, 2.816.326. Em alguns estados, a queda do exame de biópsia da próstata entre 2019 e 2020 foi bastante representativa: Acre (90%), Mato Grosso (69%) e Rio Grande do Norte (50%). Rio de Janeiro teve um declínio de 39% e Minas Gerais 31%. São Paulo e Distrito Federal tiveram baixo impacto, na ordem de 6% e 7%, respectivamente. Já em relação ao exame de PSA, Paraíba teve uma queda de 50%, Pernambuco 37%, Distrito Federal 34%, Rio de Janeiro 30% e São Paulo 29%.
  • O tumor mais frequente no homem é o câncer de próstata, excluindo-se o câncer de pele não melanoma. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer – INCA, são esperados 65.840 novos casos para 2021, porém muitos podem nem ter sido diagnosticados. Dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) apontam que a mortalidade por câncer de próstata aumentou cerca de 10% em cinco anos, subindo de 14.542 (2015) para 16.033 (2019).

PREVENINDO O CÂNCER DE PRÓSTATA

Assim como outras doenças, é possível evitar que o câncer de próstata se desenvolva realizando uma atividade física, mantendo o peso adequado, não fumando e não ingerindo bebida alcoólica.

A gente sabe que na vida corrida não pensamos muito no que estamos comendo, se estamos nos exercitando, etc. Mas, mesmo que por dez minutos, faça uma caminhada diariamente. No restaurante, escolha alimentos mais saudáveis e que possuam menos gordura, sódio e conservantes. É fundamental cuidar da saúde mental e física, pessoal, pois o sedentarismo faz parte dos fatores de risco.

COMO IDENTIFICAR O CÂNCER DE PRÓSTATA?

A próstata também pode ser afetada por alguma doença bacteriana que possui sintomas parecidos aos do câncer de próstata, por isso, o recomendável é realizar o Antígeno Prostático Específico (PSA), um exame de sangue que mede a quantidade de proteína produzida pela próstata ou, além disso, realizar o exame de toque retal na próstata.

O que é exame de toque retal e exame de PSA

Diga não ao Preconceito

Nesse ponto, é importante chamarmos atenção para uma coisa: o preconceito que existe em cima desse exame.

Equívoco comum entre os homens, muitos acham que o exame pode ser invasivo e dizer algo sobre a sua personalidade, mas, o que poucos sabem é que o exame não demora nem 10 segundos para ser realizado, ou seja, o tempo que você gasta trocando a marcha do seu bruto é mais demorado do que o toque retal. Na verdade, o que costuma demorar em uma consulta é a conversa que você vai ter com o seu médico e o preparativo para o exame. 

Não siga pelo caminho do preconceito. Siga pelo caminho do autocuidado, pois esse sim te leva a algum lugar. Fazer o exame é fundamental.

Mesmo fazendo os dois exames, ainda é necessário realizar uma biópsia da próstata para que as células sejam analisadas em laboratório e, aí sim, fazer a identificação da doença. E aproveitamos para lembrar: você tem feito um check up médico periodicamente?

REDE DE APOIO

Assim como o Outubro Rosa, o Novembro Azul existe para a conscientização de todos sobre a saúde do homem. Entender sobre o câncer pode contribuir para um tratamento mais tranquilo, diminuindo os receios e medos que cercam a doença. Converse com os amigos, familiares e filhos sobre a campanha e incentive que eles façam o acompanhamento médico e exames preventivos. Descobrir a doença em fase inicial é sempre melhor.

A IVECO RECONHECE A IMPORTÂNCIA DE ABRAÇAR A CAUSA

Nós sabemos do compromisso que temos com todos(as) os(as) caminhoneiros(a) e motoristas do Brasil, por isso, convidamos especialistas do Instituto Mário Penna, instituição filantrópica de saúde especializada em tratamentos contra o câncer em Belo Horizonte/MG, para reforçar os cuidados, prevenção e tratamento do câncer de próstata. 

Assista ao conteúdo para desmistificar a doença.

Aproveite e compartilhe este blog com seus amigos e familiares. 

Iveco Brasil