Topo

6 dicas de sucesso dos empreendedores

6 dicas de sucesso dos empreendedores

Como abrir o seu negócio ou melhorar o seu plano de negócios com algumas dicas essenciais!

Fala, amigo(a)! Não sei se você sabe, mas hoje é comemorado o Dia Internacional das micro, pequenas e médias empresas e preparamos um conteúdo exclusivo para você que quer saber mais algumas dicas de empreendedorismo e alavancar ainda mais o seu negócio ou até abrir um negócio próprio! Bora continuar lendo?

ALGUNS DADOS 

Atualmente, a quantidade de empreendedores brasileiros com empresas acima de 3,5 anos cresceu muito no Brasil no ano passado. Se formos contar, são mais ou menos 14 milhões de pessoas de 18 a 64 anos, ou 9,9% da população adulta, que comandam um negócio no país. 

Esses dados são da GEM (Global Entrepreneurship Monitor) que é uma pesquisa global sobre empreendedorismo. No Brasil, a pesquisa é feita pelo Sebrae e pelo IBQP (Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade).  Acesse o link para ler a pesquisa completa.

Em resumo, essa pesquisa mostra que ainda tem pessoas querendo abrir o próprio negócio e que só no Brasil, temos 43 milhões de empreendedores. Muita coisa, né? 

E ainda existem financiamentos que permitem micro e pequenas empresas a ter fácil acesso a crédito, como o Pronampe. 

Mas, não basta criar o seu próprio negócio, sem saber alguns pontos importantes ou analisar a forma como outros empreendedores trabalham. Ao analisar o mercado, sempre vamos esbarrar em perguntas como: é só abrir um MEI? Como manter a sua empresa após aberta? E com tanta concorrência entre transportadores autônomos, como se destacar?

COMO CRIAR UM MEI CAMINHONEIRO

No blog que postamos há algum tempo, mostramos como é o processo de abertura do seu MEI, que você pode acessar clicando aqui. Agora, vamos nos atentar as dicas para ser um empreendedor de sucesso!

DICAS DE SUCESSO

Análise constante do mercado

Não adianta ter um negócio se você não sabe o que está acontecendo no setor. Muitas empresas pequenas começam e acabam, por não saber se adaptar a novas situações. Um grande exemplo disso, foi a pandemia iniciada em 2020. 

Saber as tendências afeta e muito o seu negócio. É bom sempre olhar para o todo e ficar de olho em oportunidades e ameaças para o seu negócio. Com o tempo, essa análise será uma rotina para você. 

Conhecer bem cada etapa do negócio

Poucas pessoas começam um empreendimento sem saber os riscos que podem surgir com o tempo. Geralmente é construído um documento descrevendo o que é o seu negócio, o que está sendo vendido e como você irá lucrar com isso.

Um ponto importante é definir o seu público-alvo, que nada mais é que saber para quem você está vendendo, pensando também no seu nicho de mercado, por exemplo, “hortifruti”, e começar a analisar os seus concorrentes diretos.

Como vou começar, manter e crescer? É importante desenhar num papel, por exemplo, tudo que você quer trabalhar e onde quer chegar. Colocando na ponta do lápis os equipamentos que serão necessários, número de pessoas e até o layout que você vai usar em suas redes sociais para divulgar o seu negócio.

Planejamento financeiro

Falamos um pouco da análise de mercado e conhecer bem as etapas do seu negócio, mas a parte financeira é extremamente importante porque vai determinar o valor total de recursos que você vai investir. Pense nos investimentos fixos, os pré-operacionais; capital de giro, e um valor de reserva para futuros problemas.

Nessa fase você perceberá qual o ponto de equilíbrio, que é o faturamento mínimo para você não sofrer prejuízos. Uma fórmula utilizada é:

Custos e despesas fixas ÷ Margem de contribuição = Ponto de equilíbrio

Fazer um plano de negócios

Essa etapa é uma junção do que falamos até aqui, com o que você ainda vai ver a seguir. No plano de negócio entra tudo, desde a parte operacional, financeira e de marketing. Abaixo, um resumo do que é feito normalmente:

  • Descrição do seu empreendimento e o diferencial no mercado;
  • Missão do seu negócio;
  • Produtos, serviços e os principais benefícios ofertados;
  • Quem vai comprar ou encomendar o seu produto;
  • Local, fica perto de algum lugar? Onde encontro você?;
  • Investimento total;
  • Forma jurídica;
  • Enquadramento tributário (aqui entram os gastos a mais).

Estudar estratégia de encantamento dos seus clientes

Muitas pessoas pensam nessa estratégia como parte final, mas entender como você vai captar ou chamar a atenção do seu cliente, é extremamente importante. 

O que vai motivar o seu cliente a fechar negócio com você? O preço não é o principal fator e sim o encantamento. Segundo alguns estudos de Harvard, a venda de boas experiências é o que faz uma marca ser inesquecível. 

Vamos pegar um exemplo prático?

Quando as pessoas vão para a Disney, os clientes são chamados de convidados. E tem casos de aniversariantes que estavam em hotéis da Disney receberem cartões assinados pelo Mickey ou com a brincadeira de escolher um pedido da Fada Madrinha.

Como você vai conquistar o seu cliente? Estude algumas estratégias de marcas famosas, isso vai dar uma criatividade a mais na hora de se vender!

Observar a concorrência

Observar é diferente de copiar, viu? Nada de fazer estratégia igual a do seu concorrente. O sentido de observar aqui é saber exatamente o que os “outros” estão fazendo que você pode fazer melhor. 

É com a concorrência que temos ideias para o negócio e aprendemos todos os dias o que não fazer. 

Gostou das dicas? Abrir um negócio é muito mais complexo do que a gente imagina, né? Conta pra gente qual dica você gostou mais ou se já aplica no seu negócio!

Iveco Brasil
Nenhum comentário

Postar um comentário