Topo

Conheça as doenças mais comuns entre os caminhoneiros e como evitá-las

Conheça as doenças mais comuns entre os caminhoneiros e como evitá-las

É comum encontrarmos caminhoneiros que possuem uma rotina exaustiva de trabalho e hábitos nada saudáveis. Muitos não respeitam o tempo recomendado de descanso, não se alimentam corretamente e nem praticam exercícios físicos.

E como se não bastasse, esses profissionais têm que lidar com a violência e problemas de má conservação das estradas. Tudo isso gera uma alta carga de estresse e pode prejudicar a saúde.

Conheça abaixo algumas doenças para se temer quando está na estrada e algumas dicas para evitá-las.

Problemas cardiovasculares

Um estudo publicado na revista britânica BMC Public Health e desenvolvido pela médica Carine Sangaleti revelou que os caminhoneiros apresentam uma série de fatores de risco para o desenvolvimento de problemas cardiovasculares.

Entre os fatores de risco para a saúde do coração apontados pelo estudo, o sedentarismo lidera a lista com 73% das ocorrências. Em seguida está o consumo de bebidas alcoólicas, tabagismo, hipertensão, uso de substâncias estimulantes e alterações nos níveis de glicose e insulina.

Doenças psicossociais

Essas doenças são provocadas pela influência direta do contexto social no psicológico das pessoas. Problemas como depressão e ansiedade são exemplos, muitas vezes ocasionados por uma carga horária excessiva ou altos índices de estresse.

Problemas na coluna

Doenças provocadas pela má postura corporal estão a cada dia mais presentes na rotina dos caminhoneiros. Dores na coluna, hérnia de disco, lombalgia e cifose (ou corcunda) são apenas alguns exemplos dessa prática.

Para evitar os problemas de coluna é importante ficar atento aos aspectos ergonômicos na hora de pegar a estrada. Conheça alguns deles:

  • dirija com os braços e pernas ligeiramente dobrados;
  • ajuste o encosto de cabeça na altura dos olhos;
  • apoie bem o corpo no assento;
  • mantenha os calcanhares apoiados no assoalho do veículo;
  • evite apoiar os pés nos pedais quando não os estiver usando.

Quer conhecer outras dicas para cuidar da saúde? Leia nosso artigo sobre como balancear a correria do trabalho com hábitos saudáveis!

Iveco Brasil