Topo

Sistema SCR: cuidados com a qualidade do Arla e os sistemas emuladores

Sistema SCR: cuidados com a qualidade do Arla e os sistemas emuladores

Desde a entrada da linha Euro V no mercado, temos convivido com nomes pouco familiares. Entre eles, estão: catalisador, Arla 32, pós tratamento, denox, e muitos outros. Para garantir que os níveis de NOX se mantenham baixos, foi necessário adotar o sistema SCR ou Redução Catalítica Seletiva nos motores de caminhões pesados.

O sistema consiste em tratar os gases de saída após seguirem do cilindro em direção ao escape, daí o nome pós-tratamento. Nos gases de escape, através de um sistema eletrônico, é pulverizado o Arla 32, que se mistura aos gases e que, ao entrarem no catalisador, sofrem um processo químico, que quebra o NOX em vapor d’água, oxigênio e nitrogênio.

Evidentemente que esse é o funcionamento normal do sistema que trabalha com todos os itens recomendados. Fique atento, pois, práticas de mercado como Arla 32 muito barato e emulador que dispensa uso de arla, podem custar altos na manutenção. O Arla 32 muito barato, feito à base de ureia agrícola, não pode ser utilizado e deteriora o catalisador causando perdas e falhas no sistema, além de contribuir para degradar o meio ambiente.

Lembre-se:

  • Arla 32 tem data de validade e deve estar sempre em dia, já que isso pode colocar o sistema inoperante;
  • Arla 32 misturado pode conter metais e degradar o sistema de bombas e filtros, revertendo-se alto custo de manutenção;
  • Emulador/inibidor do sistema de Arla 32: é um sistema que burla as informações de pós tratamento, fazendo com que não seja necessário abastecer o tanque de Arla 32. Esse sistema é ilegal e leva o catalisador a falhar prematuramente, causando ainda mais prejuízo para o seu motor e para o seu bolso;
  • Abastecer com Diesel S500 não é recomendado, já que a maior concentração de enxofre prejudicará o catalisador, tornando-o inoperante em pouco tempo de utilização.

Fique de olho, pois, como se diz na estrada: “laranja madura na beira da estrada tem marimbondo no pé”.

Carlos Souza Texto por: Carlos Souza

Coordenador de Suporte ao Produto Iveco

 

Plan B