Topo

Segurança em primeiro lugar

Segurança em primeiro lugar

Segurança em primeiro lugar

Há algum tempo, estava trafegando pelo interior de Minas, próximo a cidade de Manhuaçu.  Chovia um pouco e a pista estava levemente escorregadia. Como não conhecia direito aquele trecho, mantive a velocidade um pouco reduzida e constante.  Tudo corria muito bem, mas ao se aproximar mais da cidade de Manhuaçu, avistei uma grande placa amarela dizendo: “Cuidado, perigo”. Nisso, antes mesmo de ultrapassar a placa, já reduzi mais a velocidade, seguindo em frente outra placa: “Cuidado, perigo a frente”, e na sequência:” Perigo, reduza a velocidade”. Ao ter passado por todas essas placas de sinalização, já me encontrava com a velocidade bem reduzida e bastante curioso para saber do que se tratava tanto alerta. Logo após, me deparei com uma curva bem acentuada, a sinalização era para informar o perigo desse trecho.

Contudo, ao terminar a curva, lá estava uma carreta tombada, com toda a mercadoria esparramada no chão. Me lembro que este trecho estava provido de bastante sinalização, e a via se encontra em perfeito estado, porém, mesmo com toda a infraestrutura e avisos, não foram o suficiente para fazer com que o motorista da carreta acidentada evitasse o ocorrido. No exato momento pensei, caramba, eu lendo a sequência de avisos, me fez tomar cuidado e realizei a manobra na curva perfeitamente, mesmo não conhecendo o local. Enfim, por mais que tenhamos ações para garantir nossa segurança nas vias, se não tivermos atitudes seguras, colocamos toda a operação em risco. Depois deste fato, comecei  a me preocupar ainda mais com as atitudes segurança

Por diversas vezes, ouvimos noticias de ocorrências e acidentes envolvendo falha humana, e os comportamentos inadequados perante a condução são responsáveis por grande parte desses números. No entanto, nossa parte é fundamental para que os acidentes diminuam, e não adianta termos rodovias melhores, mais modernas e bem sinalizadas, se nosso modo de condução não estiver de acordo com o ideal frente as normas de transito.

Segurança sim! Ela deve ser levada muito a sério e se tornar rotina e hábito para o profissional do volante.

Iveco Brasil
Nenhum comentário

Postar um comentário