Top

Manutenção preditiva resumida em uma palavra: economia

Manutenção preditiva resumida em uma palavra: economia

Provavelmente você já nos viu falando aqui no blog sobre diversos tipos de manutenção, como por exemplo a corretiva, preventiva, e até mesmo a manutenção preditiva.
Basicamente, essas manutenções acontecem após algumas inspeções e objetivam o reparo em danos futuros ou já existentes em seu bruto.

Então, para prevenir acidentes basta trocar as peças antigas ou quebradas e sempre levar ao mecânico o mais rápido possível, certo?

Errado!

Apesar da manutenção corretiva ser mais comum, ela deve ser usada apenas em momentos extremos, já que é menos econômica.  Se o desgaste do seu veículo ou peças é frequente, maior é seu gasto e dor de cabeça. Mas então, como evitar isso?

É isso que vamos te ensinar hoje.

Vamos lá?

Surpresas desagradáveis no trânsito? Não mais.

A manutenção preditiva, como o próprio nome diz, prediz o surgimento de problemas. A ideia é realizar um acompanhamento periódico junto aos veículos a fim de evitar qualquer eventual “surpresa”.  Sendo uma opção muito mais econômica, esta manutenção possibilita uma abrangência maior na inspeção, já que geralmente é programada com antecedência, e também, proporciona um melhor planejamento – financeiro e operacional. Além disso, com as manutenções preditivas, é possível eliminar as manutenções periódicas.

Economia de tempo e dinheiro sem quebrar a cabeça.

Você sabe o quanto é cansativo ficar preso em meio ao percurso de viagem, certo? Ainda mais quando isso acontece por problemas em seu bruto. Você acaba por perder tempo, dinheiro e a paciência, tudo de uma só vez.
Pense que, se você opta pela manutenção preditiva, você se antecipa da necessidade de serviços de manutenção do equipamento, elimina a chance de desmontagem desnecessária, aumenta o tempo de disponibilidade dos equipamentos e reduz as paradas de emergência, aproveitando a vida útil dos equipamentos. Ou seja, E-C-O-N-O-M-I-A!

Menos improdutividade e menos tempo longe de casa.

Estamos no fim do ano, e especialmente nesta época queremos estar o máximo de tempo possível com a família, não é verdade? Pois então, a manutenção preditiva indica por meio de técnicas como análise de vibração, ultrassom, inspeção visual e outras análises não destrutivas, o tempo de vida útil dos veículos e as condições necessárias para que este tempo seja aproveitado. Resumindo, você não só aproveita a vida útil do seu bruto, como aproveita melhor seu tempo em casa, só pegando estrada quando estiver tudo nos conformes com seu veículo, ou voltando de uma viagem antes do previsto.
Viu só como a manutenção preditiva pode lhe ajudar na economia de tempo e dinheiro?
Acreditamos que ao seguir nossas dicas você conseguirá um maior rendimento nas estradas e ainda terá uma folguinha no bolso.

Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

Até a próxima!

Iveco Brasil