Top

Direção defensiva

Direção defensiva

Quando estamos na autoescola, ouvimos falar desse conceito, mas com o tempo adquirimos alguns “vícios” de direção e essas precauções acabam sendo esquecidas no dia a dia.

Porém, é muito importante mantê-las ativas para sua segurança e a dos outros. Pesquisas apontam que grande parte dos acidentes rodoviários acontecem devido a imprudências de quem está atrás do volante. Então, vamos relembrar tudo sobre direção defensiva?

O que é a direção defensiva?

Primeiramente, vamos voltar ao conceito. Podemos definir a direção defensiva como o conjunto de ações que o motorista utiliza para dirigir com cautela, prudência e civilidade e, assim, evitar acidentes.

Ou seja, são atitudes e escolhas que realizamos, enquanto estamos dirigindo, que evitam qualquer tipo de complicação ou incidentes no trânsito.

Como usá-la?

O primeiro passo é refletir sobre sua atitude enquanto está circulando. Por isso, separe um momento para responder a estas perguntas:

  • Tenho uma postura pacífica quando estou no volante?
  • Possuo consciência sobre os riscos das minhas escolhas?
  • Conheço bem as leis de trânsito?
  • Possuo habilidade suficiente para dirigir?

Você deve responder “sim” para todas essas questões antes de colocar o caminhão na estrada! Elas são a afirmação de que você preza por sua segurança e das pessoas que trafegam pela via.

Dicas para pôr em prática

Como aplico a direção defensiva na minha rotina? Calma, agora vamos às dicas práticas! São atitudes pequenas que podem fazer toda a diferença:

  • Respeite a sinalização: nunca se esqueça de que placas e sinais são alocados em locais específicos por algum motivo. Por isso, não fure sinais, não faça ultrapassagens arriscadas ou contradiga uma regra.
  • Faça manutenções periódicas no veículo: veículo desregulado pode surpreender o condutor e causar acidentes graves na estrada.
  • Em situações de estresse, mantenha a calma: se alguém fizer alguma “barbeiragem” e prejudicar você, evite gritar, realizar movimentos bruscos ou querer revidar. Respire fundo e siga adiante.
  • Esteja preparado para vários tipos de vias: nem sempre é possível ter as condições ideais para trafegar. Por isso, pesquise sobre onde irá passar e saiba em quais trechos será necessário ter uma cautela maior.

Pronto! Agora você está preparado para pegar a estrada e evitar as possibilidades de um acidente. Lembre-se: um acidente, normalmente, prejudica mais de uma pessoa. Temos que agir com prudência sempre.

 

Gostou de nosso post? Compartilhe sua opinião aqui abaixo!

Iveco Brasil