Top

Dakar Rally 2022: Time De Rooy IVECO cruza linha de chegada com todos os pilotos no TOP 10

Dakar Rally 2022: Time De Rooy IVECO cruza linha de chegada com todos os pilotos no TOP 10

Após 12 etapas, 8.406 km e dunas infinitas, a PETRONAS Team De Rooy IVECO cruzou a linha de chegada desse incrível Dakar 2022. Habilidades de pilotagem, muito esforço e grande trabalho em equipe levaram todos os nossos pilotos ao Top 10 do Rali Dakar.

A competição, marcada por emoções que começaram e terminaram em Jeddah, na Arábia Saudita, teve sua classificação final com Janus van Kasteren, em 5º lugar; Vick Versteijnen, em 8º; e Mitchel van den Brink, em 10º.

Em uma das edições mais difíceis para os pilotos, o Dakar 2022 foi, sem dúvidas, marcado pelo forte espírito de equipe, em que todos trabalharam pesado e, acima de tudo, se divertiram nessas duas semanas, explorando paisagens inéditas e vastas extensões de areia, dunas e cânions.

Trator verde na terra

Descrição gerada automaticamente

Dakar 2022 foi a rota com maior abundância de areia da história 

Muitas emoções no deserto de Riade e uma disputa acirrada pelo pódio

Encerrando um circuito cheio de adrenalina nas areias de Jeddah, com desempenho acima da média, o Time De Rooy IVECO manteve sua consistência na segunda e última semana do Rali, colocando todos os seus três caminhões entre os 10 colocados do ranking. 

Na classificação geral, Janus van Kasteren conseguiu o excelente 5º lugar na dura competição com quatro pilotos da Kamaz. Vick Versteijnen, que cumpriu com excelência o papel de suplente de Hans Stacey, entrou no último minuto e alcançou a 8ª posição. Por fim, Mitchel van den Brink, estreando no Dakar 2022 como o piloto mais novo da disputa, superou as expectativas e colocou o caminhão de assistência rápida no 10º lugar.

IVECO Trakker dominou o deserto de Riade

Quem acompanhou tudo sabe que o piloto Janus van Kasteren, a bordo do IVECO Trakker 504, apresentou alta performance em todas as etapas do Rali, conquistando, inclusive, a 3ª posição em duas etapas (2a e 3a). A adrenalina rolou solta e nosso veterano não facilitou para o quarteto de tops Kamaz, espremendo-os durante quase toda a 4a etapa. 

Vale destacar que, nessa 4ª etapa, a mais longa do Dakar 2022, ocorrida nas paisagens desérticas de Riade, em um trajeto de 200 quilômetros, a diferença entre o líder Andrey Karginov (Kamaz) e Janus, em 4º lugar, foi de apenas 47 segundos.

Caminhão com montanha ao fundo

Descrição gerada automaticamente
A equipe De Rooy IVECO utilizou o óleo de motor premium PETRONAS Urania, formulado com a avançada tecnologia de aditivos, projetada especificamente para proteção e confiabilidade total do motor, eficiência e desempenho aprimorados

Na segunda parte da 4ª etapa, Janus van Kasteren ganhou vantagem quando Karginov recuou muito (perdeu 1 hora e 26 minutos). Van Kasteren continuou a estabelecer um ritmo fantástico nas planícies sauditas e aproveitou que o líder da classificação Sotnikov também teve um problema no caminho e se estabeleceu entre os três primeiros, atrás de Nikolaev e Anton Shibalov.

 “Na fase final, tivemos que ceder a Sotnikov. Os homens Kamaz estavam jogando um jogo. Estávamos sempre na poeira e não queríamos correr nenhum risco. Também deixamos algum espaço em um leito de rio complicado. Se um piloto ficar preso na sua frente, você tem um problema. No entanto, andamos sem esforço pela lama e terminamos nove segundos antes do pódio desta etapa”, conta Janus. 

Performances dos caminhões IVECO Powerstar e IVECO Trakker 

Quanto aos trucks, o consenso é geral: tanto os dois IVECO Powerstar quanto o IVECO Trakker demonstraram alto desempenho e confiabilidade em condições extremas e pistas difíceis do Rali Dakar 2022. Janus van Kasteren disse: “Nós dirigimos perfeitamente. A IVECO Powerstar fez um excelente trabalho, e a colaboração com Marcel Snijders e Darek Rodewald tem ido muito bem”.

Na 12ª e última etapa, antes de alcançar a linha de chegada e garantir o 5º lugar na classificação geral, logo no início, o piloto desempenhou um papel tático importante, abrindo caminho no início, para dar espaço à Vick Versteijnen, de forma que ele fosse menos afetado pela poeira. Um trabalho em equipe que deu gosto de ver.

Caminhão IVECO Powerstar no pódio Dakar 2022

Na reta final, em que os competidores fizeram uma viagem de 680 km de Bisha a Jeddah, Vick Versteijnen fez bonito com seu IVECO Powerstar e, mesmo nas pistas estreitas e repletas de árvores, pilotou com força total para chegar à 8ª posição e foi o mais rápido da equipe nessa etapa. 

“Demos tudo de nós e ficamos a apenas 23 segundos de Macik. Mesmo assim, estamos muito satisfeitos. Nós definitivamente nos inscrevemos para isso, de antemão. Comecei destreinado e despreparado. Nunca tinha dirigido um caminhão novo, e foi a primeira vez de Randy na competição. Assim como Teun, ele fez um ótimo trabalho. Tudo correu bem na cabine e olho para trás com satisfação. Tivemos um Rali legal, com uma boa equipe, De Rooy”, disse Vick.

Vick Versteijnen substituiu Hans Stacey de última hora na competição e fez bonito até chegar à 8ª posição

Mitchel van den Brink não só cumpriu com excelência sua função de assistência rápida da equipe, como surpreendeu a todos com um décimo na classificação geral. Ele deu tudo de si na última etapa, empurrando seu IVECO Trakker até o limite. 

Ao longo das etapas, ele comentou ter se encantado com o caminhão, que lhe permitiu manter um ritmo acelerado, evitando correr riscos, para estar disponível e prestar assistência aos caminhões da equipe, quando necessário. 

Mitchel van den Brink surpreendeu a todos com o seu desempenho

Com o resultado final, emocionado, o jovem piloto publicou a seguinte mensagem em sua conta do Instagram:

“Eu nunca poderia ter sonhado com isso… um ranking top 10. Quando olho para as últimas semanas, sinto como se fosse um rally de topo, onde aprendi muito novamente. Quero agradecer a todos que nos apoiaram e as lindas mensagens que recebi”. 

Mitchel van den Brink é o mais jovem competidor do Rali Dakar 2022 e alcançou o 10º lugar com apenas 18 anos

Título H2: CLASSIFICAÇÃO GERAL E PRÓXIMOS DESAFIOS 

1. Dmitry Sotnikov (Kamaz) 

2. Eduard Nikolaev (Kamaz) 

3. Anton Shibalov (Kamaz) 

5. JANUS VAN KASTEREN (Petronas Team De Rooy IVECO – 504) 

8. VICK VERSTEIJNEN (Petronas Team De Rooy IVECO – 515) 

10. MITCHEL VAN DEN BRINK (Petronas Team De Rooy IVECO – 524)

Depois de subir ao pódio, com a sensação de missão cumprida e todos os pilotos no TOP 10, a equipe De Rooy IVECO deixou a Arábia Saudita para retornar à Holanda no melhor astral possível.  

Após 12 etapas, 8.406 km e dunas infinitas, os pilotos da equipe PETRONAS Team De Rooy IVECO alcançaram o Top 10 com muito esforço e dedicação

Janus van Kasteren, Marcel Snijders e Darek Rodewald saem felizes com o quinto lugar, mas já estão de olho no futuro: “Vamos comemorar esse resultado primeiro, mas já estou pensando no ano que vem. Vou tentar pilotar um pouco mais e sabemos o que precisa ser feito para melhorar os caminhões”, disse Janus. 

Iveco Brasil