Topo

Conheça detalhes dos modelos 9 e 11 t da linha Tector

Conheça detalhes dos modelos 9 e 11 t da linha Tector

No último post do nosso blog, falamos sobre a família IVECO Tector, que está com dois novos integrantes e de cara nova. Com visual bem imponente e para fazer barulho, os modelos 9 e 11 toneladas chegaram trazendo diferenciais no segmento de caminhões médios. 

O CAMINHÃO PRO SEU BATIDÃO

Os modelos 9 e 11 toneladas são ótimos parceiros para quem enfrenta o “batidão”, o corre-corre das cidades, seja transportando bebidas, hortaliças, eletrodomésticos, material de construção, plataforma de assistência e muito mais. É pau pra toda obra! 

E a força deles?

FORÇA, POTÊNCIA E TORQUE

É o mais potente da categoria! O novo tector 9 e 11 toneladas são equipados com o motor FPT NEF45. São 190cv e 610 kgfm de torque que,  aliado a uma transmissão Eaton de 6 velocidades e ao eixo Dana, entrega a melhor performance do segmento. 

E mais: na sexta marcha, o motorista conta com um super ‘over drive’, uma última marcha longa que não compromete o consumo e aumenta a performance do veículo. 

Tudo isso pensando no caminhoneiro da cidade, que roda muito, freia, acelera e precisa de um motor que corresponda a essa agilidade no ciclo urbano. A agilidade significa uma resposta mais rápida do veículo enquanto dirige. Por isso, as versões 9 e 11 toneladas do Tector são perfeitas para as missões urbanas.

Tector 9-190

Motor e torque: FPT NEF 4 (4 cilindros), 4.500 cm3, 190 cv a 2.500 rpm e 62,2 mkgf de 1.350 rpm a 2.100 rpm.

Transmissão: Eaton 6106 B manual de seis velocidades. Até o final do ano deve ser lançada a versão automatizada.

Entre-eixos: 3.900 mm e 4.455 mm.

PBT: 8.600 kg. (11.000 kg de CMT)

Carga útil sem o implemento: 5.575 kg (3.900 ee) e 5.500 kg (4.455 ee).

Tector 11-190

Motor e torque: FPT NEF 4 (4 cilindros), 4.500 cm3, 190 cv a 2.500 rpm e 62,2 mkgf de 1.350 rpm a 2.100 rpm.

Transmissão: Eaton 6206 B manual de seis velocidades. Até o final do ano deve ser lançada a versão automatizada.

Entre-eixos: 3.900 mm e 4.455 mm.

PBT: 10.600 kg (13.000 kg com 3º eixo colocado por implementador).

Carga útil sem o implemento: 7.400 kg (3.900 ee) e 7.325 kg (4.455 ee).

 

CONFORTO

E não é por nada não, mas os modelos do Tector 9 e 11 toneladas contam com a melhor cabine do segmento, com um espação para quem passa horas e horas dentro dela. Além disso, sua altura baixa (são apenas 40 cm entre o chão e a escada) facilita o “entra e sai” do veículo, e a sua porta possui o maior ângulo de abertura da categoria. 

A alavanca de câmbio é posicionada no painel, garantindo mais rapidez e segurança nas trocas de marcha, além da direção com regulagem de profundidade, altura e banco pneumático. O novo Tector também conta com a maior área envidraçada e ótimo campo de visão e retrovisor. Outro aspecto que facilita a vida do motorista é o acesso para conferir o nível de óleo e fluído do radiador, feito pela parte frontal. 

O baixo nível de ruído no interior da cabine e o conforto da suspensão merecem destaque (coxim na frente, mola e amortecedor). No eixo traseiro, são utilizadas molas parabólicas garantindo segurança, dirigibilidade e um rodar mais suave, se comparada aos feixes de molas trapezoidais. 

DESIGN

E nem precisa falar, né? É lindão. O motorista vai andar com um caminhão bonito e espaçoso. Isso sem falar em outro ponto muito legal: os defletores laterais evitam o acúmulo de sujeira na parte da frente do veículo. 

FOCO NO CLIENTE

Após 3 anos de pesquisas com quem enfrenta o batidão das entregas urbanas, nasceram os modelos 9 e 11 toneladas, cada detalhe criado pensando em facilitar o dia a dia do motorista. 

Nós escutamos o cliente. Isso vai muito além de conhecer o mercado, é entender as necessidades do nosso público. Só assim crescemos no segmento e reforçamos a linha com qualidade. 

Curtiu? Comente aí embaixo o que você achou dos novos modelos ou deixe a sua dúvida que iremos responder! ?

Iveco Brasil