Top

Biodiesel: entenda o que é e sua importância

Biodiesel: entenda o que é e sua importância

Você já conhece o biodiesel? Estamos falando de um tipo de combustível renovável e menos poluente que pode trazer muitos benefícios para o meio ambiente. Ele é tão importante para a sociedade, que ganhou até uma data própria, o Dia Internacional do Biodiesel, comemorado no dia 10 de Agosto.

Para começar, é importante a gente te contar que um dos nomes mais citados na história do Biodiesel é de um brasileiro. Isso mesmo! Expedito de Sá Parente nasceu no Ceará, em 20 de abril de 1940, e foi responsável pela primeira patente mundial da produção de biodiesel por meio de uma reação química, conhecida como transesterificação, a partir de plantas oleaginosas.

A tecnologia, pesquisada pelo cearense de modo pioneiro no final da década de 1970 e patenteada nos anos 1980 — hoje de domínio público, demorou a ser reconhecida no Brasil, mas foi explorada no cenário internacional, rendendo ao seu idealizador o reconhecimento da Organização das Nações Unidas (ONU), do governo americano, de empresas como a Boeing e agências como a agência espacial americana (Nasa). Incrível, né?!

Expedito Parente, o ”pai do biodiesel”, faleceu em setembro de 2011, em decorrência de complicações de uma cirurgia de diverticulite, mas deixou um legado importantíssimo tanto para o meio ambiente quanto para a economia.

BIODIESEL É DIFERENTE DE ÓLEO DIESEL

Mas, peraí, você não está confundindo biodiesel com óleo diesel não, né?! Vamos lá: diesel e o biodiesel são dois produtos orgânicos que são usados como combustíveis à base de carbono. Eles possuem semelhanças, porém, são distintos. Ambos são extraídos de diferentes fontes e apresentam características opostas, principalmente quando o assunto é a preservação do meio ambiente.

O diesel é um combustível que nasce do processo de craqueamento do petróleo bruto. Embora não seja tão utilizado quanto a gasolina, ele se adequa a veículos com motores que possuem mais foco na força e no desempenho do que na velocidade em si, devido à sua alta densidade de energia. 

Quando comparado aos outros combustíveis, o diesel sai em desvantagem, já que ele induz um risco muito maior ao meio ambiente. A combustão incompleta do diesel é responsável pela liberação prejudicial de óxidos de carbono e outros compostos poluentes para a atmosfera. Esses gases são, inclusive, os grandes responsáveis pela maioria dos problemas relacionados ao degradamento da atmosfera terrestre e ao enfraquecimento da camada de ozônio, que levam ao surgimento de fenômenos como a chuva ácida e prejudicam o ecossistema. O diesel tem sido alvo de debates por causa da poluição que proporciona.

O biodiesel, por outro lado, é um combustível bem mais amigável com o meio ambiente. 

MAS O QUE É BIODIESEL? 

Obtido a partir de um processo químico denominado transesterificação, o biodiesel é um combustível renovável. Quando a transesterificação acontece, os triglicerídeos presentes nos óleos e na gordura animal reagem com um álcool primário, metanol ou etanol, gerando dois produtos: o éster e a glicerina. O primeiro somente pode ser comercializado como biodiesel após passar por processos de purificação para adequação à especificação da qualidade, sendo destinado principalmente à aplicação em motores de ignição por compressão (ciclo Diesel). 


Matérias-primas utilizadas no Brasil para criação do biodiesel / Dados: ANP

A classificação do biodiesel tem sido aperfeiçoada constantemente ao longo dos anos, o que tem somado para o alinhamento da sua qualidade às condições do mercado brasileiro e também à sua adequação com as normas internacionais, garantindo maior segurança e previsibilidade aos agentes econômicos.

VANTAGENS DO BIODIESEL 

Como o biodiesel utiliza matérias-primas, em sua maioria, vegetais, a produção do biodiesel fortalece as regiões baseadas no agronegócio. E, quando comparado ao óleo diesel mineral, ele é capaz de reduzir a emissão de Carbono (CO2), além de não produzir outros gases poluentes e agressivos à saúde.

Pensa que para por aí? Não! Segundo a biodieselbr, referência mundial no assunto, o biodiesel é um ótimo lubrificante e pode aumentar a vida útil do motor, além de ser uma fonte de energia renovável. 

Ele é produzido a partir do processamento de vegetais, como o grão de soja, para obtenção de energia. Nesse processo, a combustão permite que parte da energia seja direcionada à operação de um sistema como um motor,  e outra devolvida para a nova plantação em forma de CO2, que, combinado à energia solar, realimenta o ciclo.

Outros benefícios também podem ser listados:

  • O biodiesel tem risco de explosão baixo. Ele precisa de uma fonte de calor acima de 150 graus celcius para explodir.
  • Tem fácil transporte e fácil armazenamento, devido ao seu menor risco de explosão.
  • O uso como combustível proporciona ganho ambiental para todo o planeta, pois colabora para diminuir a poluição e o efeito estufa.
  • A viabilidade do uso direto foi comprovada na avaliação dos componentes do motor, que não apresentou qualquer tipo de resíduo que comprometesse o desempenho.
  • Para a utilização do biocombustível, não precisa de nenhuma adaptação em caminhões, tratores ou máquinas.
  • Substitui o diesel nos motores sem necessidade de ajustes.
  • O produtor rural estará produzindo seu combustível.
  • O produtor estará fazendo rotação de culturas em sua propriedade, incorporando nutrientes na sua lavoura.
  • O biodiesel é usado puro nos motores, porém aceita qualquer percentual de mistura com o diesel, pois é um produto miscível.
  • Outra grande vantagem é que, na formação das sementes, o gás carbônico do ar é absorvido pela planta.
  • O calor produzido por litro é quase igual ao do diesel.
  • Pouca emissão de partículas de carvão. O biodiesel é um éster e, por isso, já tem dois átomos de oxigênio na molécula.
  • Na queima do biodiesel, ocorre a combustão completa.
  • É uma fonte de energia renovável, a exemplo de todos os produtos originários do ciclo produtivo da agroindústria. Nesse ciclo, a energia que está armazenada nos vegetais, no caso o grão da soja, é transformada em combustível e, depois da combustão, uma parte destina-se à operação de um sistema como um motor, e outra retorna para a nova plantação na forma de CO2, e o CO2 combinado com a energia solar realimenta o ciclo.
  • Não são necessárias alterações na tecnologia (peças e componentes) e de regulagem. Apenas é preciso que o biodiesel tenha uma qualidade definida. Por ser um produto natural e biodegradável, surgem problemas de degradação natural. Ao utilizar biodiesel você estará utilizando qualidade.
  • Os óleos vegetais usados na produção do biodiesel podem ser obtidos do girassol, nabo forrageiro, algodão, mamona, soja, canola… Qualquer oleaginosa.
  • É constituído de carbono neutro. As plantas capturam todo o CO2 emitido pela queima do biodiesel e separam o CO2 em Carbono e Oxigênio, neutralizando suas emissões.
  • Redução da emissão de poluentes locais com melhorias na qualidade de vida e da saúde pública

COMBUSTÍVEIS ALTERNATIVOS NA IVECO

A IVECO já conta com uma atuação atenta ao uso do biodiesel ao redor do mundo. Para que você possa conhecer melhor as ações, trazemos um resumo para você:

IVECO Europa: a IVECO investe no desenvolvimento de tecnologias de propulsão com combustíveis alternativos e na implementação destes no mercado de transporte, principalmente no gás natural veicular para veículos de transporte de carga. Na Europa, a IVECO já comercializa veículos movidos a GNV e GNL (gás natural liquefeito – que melhora a densidade de armazenamento e, por consequência, a autonomia do veículo) nas gamas Daily, EuroCargo (equivalente ao nosso Tector), Hi-Road, Hi-Way e S-Way – a chamada linha Natural Power.

IVECO América Latina: a IVECO tem projetos com clientes e parceiros estratégicos como parte de um plano de localização da tecnologia. Na Argentina, a IVECO foi a primeira montadora do país a ter o certificado de homologação para fabricar caminhões movidos a gás natural comprimido (GNC), com a licença (LCM – Model Configuration License) para o Tector 160E21. A nova configuração do produto oferece desempenho equivalente aos caminhões movidos a diesel, com menor emissão de gases poluentes e de ruído, e também terá uma redução de custos de até dois terços em relação aos modelos movidos a combustíveis fósseis.

IVECO Brasil: a IVECO aposta muito no Gás Natural Veicular (GNV) e no Biometano como alternativas viáveis para a redução de poluentes e custo operacional no transporte de cargas e transporte público de pessoas. A marca enxerga um potencial muito elevado de introdução das tecnologias em aplicações urbanas, principalmente nas grandes capitais.

Dois pontos importantes para esse processo em território brasileiro são:

  1. A retomada do crescimento econômico do país, que irá permitir aos clientes investirem em produtos movidos a combustíveis e trações alternativas.
  2. O estreitamento das parcerias estratégicas necessárias para que uma nova tecnologia seja introduzida de forma economicamente viável, em um local com grandes oportunidades como o Brasil. Isso não vale somente para o GNV, mas sim para qualquer nova tecnologia de propulsão que tenha impacto além do produto, já que o gás natural é um combustível ‘ambientalmente’ superior ao diesel, por exemplo, o que garante a emissão de menos da metade de monóxido de carbono e de gás carbônico.

E aí, você sabia de todas essas informações? Entendeu a importância da utilização de biodiesel para o seu veículo? Conta pra gente aqui nos comentários!

Iveco Brasil