Topo

Manutenção: qual a ideal para a sua frota?

Iveco incrementa frota da Mineradora AB areias

Manutenção: qual a ideal para a sua frota?

Já falamos aqui sobre manutenção e economia algumas vezes. Sabemos, também, que existem vários tipos de manutenção e que são elas que vão ajudar a manter todos os componentes de cada caminhão desempenhando sua função. Mas na hora de gerir sua frota, você sabe qual a manutenção ideal? A gente te ajuda.

Vamos começar pela manutenção corretiva. Ela é a mais comum, pois aparece quando um veículo quebra ou deixa de funcionar de uma hora pra outra, precisando de conserto ou substituição de peças para voltar a operar. Essa manutenção é a menos econômica, pois ela surge em momentos extremos, em que o veículo já foi utilizado até a falha, acarretando em maiores custos para reparar os danos.

O ideal é que a prevenção corretiva seja utilizada o menos possível ou em casos de acidentes, ok?

Aí, entra a manutenção preventiva, que visa evitar o aparecimento de problemas e quebras na frota, pois ela atua antes que as falhas ocorram, como uma prevenção, como o próprio nome já diz. Ela acaba sendo mais econômica porque, normalmente, é programada, possibilitando aos donos um planejamento maior tanto financeiro quanto de operação. Além disso, ela reduz as manutenções corretivas.

Temos, ainda, uma terceira manutenção: a preditiva. Essa, exige um monitoramento regular de condição e da performance de toda a frota. Os componentes são verificados e substituídos antes que aconteça qualquer falha. Por exigir o implemento de equipamentos para medir e fazer análise de diversas métricas, o gasto inicial dessa manutenção é maior, já que é necessário adquirir esses equipamentos e treinamentos de funcionários e técnicos.

É importante lembrar que nenhuma dessas manutenções garantem o não aparecimento de quebras dos caminhões da frota. Os problemas estão sempre sujeitos a acontecer, mesmo com a manutenção preventiva. O que elas garantem é uma vida mais longa para o veículo.

E então: já escolheu a preferida para sua frota?

(via Blog Iveco Deva)

Iveco Brasil
Nenhum comentário

Postar um comentário