Top

Leonardo Boff no Sempre Um Papo Iveco

Leonardo Boff é o convidado do Sempre Um Papo

Leonardo Boff no Sempre Um Papo Iveco

Na próxima quarta-feira, 5 de agosto, o Auditório do Unifemm, em Sete Lagoas, MG, recebe mais uma edição do evento Sempre Um Papo Iveco, a partir das 19h30. Patrocinado pela Iveco, o evento realiza encontros de grandes nomes da literatura e personalidades nacionais e internacionais com o público, em auditórios e teatros.

Nesta edição, o escritor, teólogo e filósofo Leonardo Boff irá lançar e debater três de seus livros mais recentes: “As Quatro Ecologias – Ambiental, Política e Social, Mental e Integral “(Ed. Mar de Ideias) que propõe um trabalho de orientação a educadores sobre questões ambientais urgentes. “Ecologia – Grito da Terra, Grito dos Pobres” (Ed. Vozes) que traz uma visão global de uma ecologia libertadora que abrange o meio ambiente, a mente humana, a sociedade e a integralidade da criação. “A Grande Transformaçào – Na Economia, na Política e na Ecologia” (Ed. Vozes) que faz uma reflexão de que tudo na nossa sociedade está se transformando em mercadoria e o que era sagrado e respeitado como a vida, os órgãos humanos, a consciência e a verdade se tornaram objeto de troca, de compra e de venda.

Na ocasião, o autor irá falar sobre a crise hídrica e sobre a sua contribuição para a construção da “encíclica verde” do Papa Francisco, dedicada ao meio ambiente, divulgada em junho de 2015 e que estabelece uma relação íntima entre os pobres e a fragilidade do planeta.

Sobre Leonardo Boff

Doutor em teologia e filosofia no Brasil e na Alemanha, Boff foi por mais de 20 anos professor do Instituto Teológico Franciscano de Petrópolis. Por muitos anos, Leonardo coordenou o editorial religioso, da Editora Vozes e ajudou a formular a Teologia da Libertação.

Além disso, foi professor de ética e filosofia da religião na Universidade do Rio de Janeiro e é autor de mais de 70 livros, entre eles: “Homem: Satã ou Anjo Bom?”, “Brasa Sob Cinzas”; “O Rosto Materno de Deus” e “Igreja: Carisma e Poder”.

Leonardo Boff participa da Comissão Internacional da Carta da Terra e, em 2001, devido ao seu compromisso com a justiça dos pobres e com a ecologia, foi agraciado com o Prêmio Nobel Alternativo da Paz.

 

Iveco Brasil