Top

Faróis acesos durante o dia: bom ou ruim?

Faróis acesos durante o dia: bom ou ruim?

Desde o dia 08 do mês de julho, entrou em vigor a lei que obriga os condutores de qualquer veículo a manter os faróis acesos durante o dia nas rodovias de todo o Brasil.

Essa nova lei trouxe à tona uma polêmica em torno do assunto pois, em um país onde sequer acendemos os faróis em dia de chuva e dentro de túneis, a reclamação seria inevitável.

E a pergunta que não quer calar é: realmente se faz necessário o acendimento dos faróis durante o dia? Na minha opinião, qualquer esforço voltado para o aumento da segurança é mais do que válido. Infelizmente, muitos entraves acontecem, prejudicando algumas ações em prol dessa meta de aumento da segurança nas estradas.

Como o amigo Luis, motorista no Canadá diz: é incrível como algumas leis não pegam no Brasil (no Canadá, ligou motor, ligou o farol). Ele está certo. Muitas vezes, o condutor ou qualquer  usuário das rodovias que diretamente se torna o beneficiário das normas criadas, são os primeiros a irem contra sem ao menos tentar entender a função ou propósito de cada norma ou proibição. Infelizmente um comportamento cultural.

O principal propósito da nova lei é o aumento da visibilidade. E a máxima de ”quanto mais visto pelos outros, melhor”, é correta! Alguns comentam: para que ser visto por outro veículo à 3 km de distância? Quanto antes o outro condutor lhe avistar, mais capacidade de reação ele terá em uma eventual colisão, ou mesmo evitando a ocorrência por conta de já ter notado sua presença naquele trecho da rodovia. Em estradas de mão dupla de direção, faz muita diferença.

Outros, por meio das redes sociais, postaram fotos de veículos com faróis ligados trafegando em estradas totalmente esburacas, satirizando a nova lei. O fato é que, realmente existem diversas prioridades para que caminhemos para um trânsito seguro e humano, mas se não começarmos nos pequenos detalhes, com  pequenas ações, aparentemente simples, como acender os faróis, não chegaremos nunca em algum lugar.

Enfim, essa reclamação geral era esperada. O mesmo aconteceu há alguns anos, quando entrou em vigor a lei que obrigaria as motocicletas a trafegarem o tempo todo com os faróis ligados. Muitos motociclistas reagiram contra, e hoje está mais que comprovada a importância dos faróis para melhor visualização da moto em meio ao transito.

Portanto, condutores em geral, acendam os faróis para evitar punições e contribuam com a melhoria da segurança, uma atitude aparentemente simples e sem função para alguns, mas que faz grande diferença sim na segurança viária.

Até a próxima.

Wagner Araújo  Wagner Araújo – Carreteiro e responsável pelo blog Wagner Caminhõeshttp://wagnercaminhoes.blogspot.com.br/

 

Iveco Brasil