Topo

Substitua as sacolinhas também no lixo

Substitua as sacolinhas também no lixo

Em todo o Brasil as sacolinhas plásticas distribuídas nos supermercados vêm perdendo a luta contra o meio ambiente. 13 capitais brasileiras já aprovaram leis que proíbem ou limitam a distribuição destas sacolas, enquanto outras nove cidades têm projetos de lei em tramitação. A alternativa é o uso de sacolas de pano, as famosas ecobags, ou de caixas de papelão. Mas não é somente para carregar as compras que as sacolas plásticas são utilizadas. Muitas servem para acondicionar o lixo doméstico, ou até mesmo para recolher o cocô do cachorro na calçada. O que fazer nestas situações sem a sacola plástica?
O Ministério do Meio Ambiente traz a solução para estes casos quando afirma que esta é uma situação na qual devemos mudar nossos hábitos, e entender que existem materiais menos poluentes e que podem substituir o plástico. Foi no grupo de discussão Futuro do Presente que surgiu uma solução para os lixinhos domésticos: substitua a sacolinha por jornal.
A idéia é de Martha Maria Lopes Pontes, que utiliza a técnica de dobradura para montar um saco resistente e fácil de fazer. Basta usar uma, duas ou até três folhas de jornal juntas e em menos de um minuto o “copinho” estará pronto.
Vamos aprender?
Antes de começarmos, é preciso cortar a folha de jornal para que ela se torne um quadrado. Para isso, dobre a beirada da página para dentro até a borda e corte o excesso, como na imagem abaixo.
1. Dobre a ponta inferior direita sobre a ponta superior esquerda, formando um triângulo;
2. Dobre a ponta inferior direita do triângulo até a lateral esquerda, como se fosse fazer um aviãozinho. Marque muito bem e desfaça a dobra;
3. Com as pontas do triângulo viradas para cima, dobre a ponta direita até a marca da dobra anterior;
4. Repita esta operação com a dobra da esquerda do triângulo;
5. Dobre as pontas do triângulo para fora;
6. Está quase pronto, faça uma leve pressão nas dobras laterais do copo para que a boca dele se abra.
Fácil, rápido e sustentável. Teste e conte para a gente como foi!

Em todo o Brasil as sacolinhas plásticas distribuídas nos supermercados vêm perdendo a luta contra o meio ambiente. 13 capitais brasileiras já aprovaram leis que proíbem ou limitam a distribuição destas sacolas, enquanto outras nove cidades têm projetos de lei em tramitação. A alternativa é o uso de sacolas de pano, as famosas ecobags, ou de caixas de papelão. Mas não é somente para carregar as compras que as sacolas plásticas são utilizadas. Muitas servem para acondicionar o lixo doméstico, ou até mesmo para recolher o cocô do cachorro na calçada. O que fazer nestas situações sem a sacola plástica?

O Ministério do Meio Ambiente traz a solução para estes casos quando afirma que esta é uma situação na qual devemos mudar nossos hábitos, e entender que existem materiais menos poluentes e que podem substituir o plástico. Foi no grupo de discussão Futuro do Presente que surgiu uma solução para os lixinhos domésticos: substitua a sacolinha por jornal.

A idéia é de Martha Maria Lopes Pontes, que utiliza a técnica de dobradura para montar um saco resistente e fácil de fazer. Basta usar uma, duas ou até três folhas de jornal juntas, e em menos de um minuto o “copinho” estará pronto.

Vamos aprender?

Antes de começarmos, é preciso cortar a folha de jornal para que ela se torne um quadrado. Para isso, dobre a beirada da página para dentro até a borda e corte o excesso, como nas figuras 1, 2 e 3 abaixo.

sacolinha-jornal modo de fazer

4. Dobre a ponta inferior direita sobre a ponta superior esquerda, formando um triângulo;

5. Dobre a ponta inferior direita do triângulo até a lateral esquerda, como se fosse fazer um aviãozinho. Marque muito bem e desfaça a dobra;

6. Com as pontas do triângulo viradas para cima, dobre a ponta direita até a marca da dobra anterior;

7. Repita esta operação com a dobra da esquerda do triângulo;

8. Dobre as pontas do triângulo para fora;

9. Está quase pronto, faça uma leve pressão nas dobras laterais do copo para que a boca dele se abra.

Fácil, rápido e sustentável. Teste e conte para a gente como foi!

sacolinha-jornal cópia

Fonte: G1, Blog Sturm und Drang e Futuro do Presente

Rede Comunicação
4 Comentários
  • Sandro

    ha, ha, ha, só me faltava essa – tu tem ideia de quanto lixo domestico geramos – solidos e umidos. Há também o cuidado que os coletadores de lixo tem, só imagino eles pegando um saco de lixo de jornal para jogar no caminhão, ha, ha, ha,. Alem do que haja jormal.
    Incentivo a coleta seletiva, educação e consumo resposável nada né.
    Quanta hipicrisia.

    • Iveco Brasil

      A Iveco tem a sustentabilidade no seu DNA. Por isso, além das ações do Programa Próximo Passo, sempre divulgamos aqui no blog notícias, dicas e curiosidades sobre o tema.
      Confira na categoria sustentabilidade todos os nossos posts que incentivam e educam sobre a preservação do meio ambiente, e o modo de vida sustentável.

      Aproveitar o jornal para fazer lixinhos secos é uma forma de colocar em prática o segundo R das regras da sustentabilidade: reduzir, reutilizar e reciclar. Desta forma, evitamos o acúmulo exagerado de sacolinhas de supermercado no lixão. Além disso, o saquinho de jornal deve ser depositado dentro dos sacos de lixo, que já são feitos de material reciclado.
      Qualquer dúvida, entre em contato! Estamos à disposição.

      Iveco. Você à frente.

  • Marcos Coutinho

    Muito interessante. Fiz com uma folha central de jornal, aproveitando sua máxima extensão e o resultado foi um saco que cabe nas lixeiras pequenas. Com maior conscientização no sentido de evitar descartar nesse lixo os resíduos úmidos ou liquidos, creio que pode ser uma excelente alternativa para descarte do lixo de escritório. Porém, penso que antes de tudo devemos nos questionar: Quanto lixo eu produzo por dia? O que deve ser feito para reduzir essa quantidade? Marcos Coutinho

  • ABCD

    Acho menos poluente uma frota da IVECO com biodiesel ou algo assim… E, claro, com preços atraentes para quem quer adquirir 1.

Postar um comentário