Topo

Rodovias de Minas vão triplicar o número de balanças

Rodovias de Minas vão triplicar o número de balanças

A partir do ano que vem, com o repasse de cinco importantes trechos rodoviários de Minas à iniciativa privada, os postos de pesagem veicular, ou balanças em operação, devem quase triplicar. O número deve subir das atuais 20 para 57, permitindo fechar o cerco em trechos de pouca fiscalização.

O modelo de concessão adotado pelo governo exige a instalação das balanças até o 12º mês de vigência do contrato. Com isso, se respeitado o cronograma da licitação, até o segundo semestre do ano que vem 35 novos postos de pesagem devem ser instalados nas BRs 040, 116, 262, 050 e 153.

A BR-116, conhecida como Rio-Bahia, terá 14 unidades, sendo seis fixas e oito móveis, ou seja, quase cinco vezes mais. Hoje são três. No caso da BR-040, o número será três vezes maior, passando das atuais seis para 18 (sete móveis). Na BR-262, com mais de 900 quilômetros de extensão, atualmente somente uma opera, em Araxá, no Alto Paranaíba.

Entre os avanços possibilitados pela instalação de balanças está o aumento da fluidez do tráfego e a redução da gravidade dos acidentes, o que deve aumentar ainda mais o interesse das concessionárias em instalar as balanças.

O modelo de concessão adotado pelo governo exige a instalação das balanças até o 12º mês de vigência do contrato.

Fonte: Estado de Minas

Rede Comunicação
Nenhum comentário

Postar um comentário