Topo

Renovação marca a etapa de Curitiba

Renovação marca a etapa de Curitiba

Neste domingo, Curitiba será palco da penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck de 2012. A Scuderia Iveco conta com uma novidade para esta prova: os caminhões Stralis SI-12 totalmente renovados. Após um acidente na etapa de Guaporé que danificou seu caminhão número 88, o piloto Beto Monteiro acompanhou os consertos e está ansioso para checar o resultado do esforço da equipe.

“Nosso primeiro objetivo é conseguir obter a mesma competitividade que tínhamos antes do acidente em Guaporé (RS). O caminhão estava muito rápido, e após o choque, tivemos que refazer uma série de ajustes em suspensões. E também trocamos a cabine por completo”, comenta Monteiro, que está em terceiro lugar no Campeonato Brasileiro com 106 pontos.

Beto acredita em um bom resultado na pista de Curitiba. “Neste ano, fizemos testes nesse autódromo (antes da etapa de Guaporé) e o caminhão foi super bem. É um circuito muito rápido, e teremos que nos superar para conquistar pontos”, diz o piloto. A reta do autódromo paranaense é uma das maiores do Brasil, com 900 metros de comprimento, exigindo uma performance extrema de todo o caminhão.

Já o piloto Valmir Benavides, o “Hisgué”, está confiante com a futura performance do seu Stralis número 02 após testes no dinamômetro de rolo, equipamento onde se realizam testes de velocidade e de potência do motor. O engenheiro da Scuderia Iveco, Marcelo Sakurai, comenta que os resultados obtidos nos testes do dinamômetro (onde o caminhão é testado por inteiro) comprovaram que os motores dos Stralis SI-12, desde o início de temporada, conquistaram um aumento de 100 cavalos na potência total entregue nas pistas.

Depois do acidente em Guaporé, Beto Monteiro se diz confiante com a renovação de seu veículo

Acompanhe a cobertura da prova de Curitiba pelo Twitter da Iveco.

Rede Comunicação