Top

Primeira turma da Escola Formare da Iveco forma em Sete Lagoas

Primeira turma da Escola Formare da Iveco forma em Sete Lagoas

A primeira turma de 20 jovens da Escola Formare Iveco, programa que trabalha a inserção social por meio da Educação, acaba de se formar. A formatura ocorreu na última quinta-feira (19/09), no auditório do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) de Sete Lagoas (MG).

A Escola Formare é um projeto da Fundação Iochpe, entidade que forma parcerias com empresas para oferecer cursos de educação profissional reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC). Os beneficiados são jovens com renda familiar de até um salário mínimo e que estejam cursando o Ensino Médio.

O curso oferecido pela Iveco foi o de Operador de Montagem de Veículos Comerciais. Foram aproximadamente 800 horas de estudo com aulas de segunda-feira a sexta-feira, ministradas na fábrica da montadora, em Sete Lagoas (MG), por educadores voluntários. Ao todo, 95 empregados aderiram ao programa e, durante 10 meses, deram aulas profissionalizantes práticas e teóricas. A proposta é desenvolver, também, habilidades como Comunicação, Trabalho em Equipe, Solução de Problemas, Processo Produtivo e Cidadania.

“Oferecemos aos jovens conhecimento e vivência profissionais que os auxiliarão a serem bons profissionais e cidadãos. Os valores que eles aprendem durante o curso são carregados para o resto das suas vidas”, comenta a coordenadora do projeto na Iveco, Maria Aline Rodrigues.

01

O projeto ajuda a definir o futuro profissional de alguns alunos. A formanda Izabela Rita Souza Nunes, de 17 anos, depois de participar do curso conseguiu identificar sua vocação profissional. “Entrei no Formare porque queria aprender mais sobre o mercado de trabalho. Hoje sei que quero atuar na área de Mecânica Industrial. Já me matriculei em um curso do Senai e pretendo fazer faculdade de Engenharia Mecânica. Aprendi muito na Escola Formare Iveco e já a recomendei para amigos e familiares”, comenta.

Para a Iveco, a Escola Formare Iveco é mais uma oportunidade de incentivar o crescimento profissional e a capacitação de jovens que não possuem acesso a atividades complementares. “Ao investir na formação desses jovens da comunidade setelagoana, reforçamos a cultura da Fiat Industrial em apostar no desenvolvimento sustentável das regiões onde estão suas atividades industriais”, comentou o diretor de Recursos Humanos da Fiat Industrial para a América Latina, Fabrizio Milone.

Iveco Brasil