Topo

Novo Iveco Tector: mais facilidade na troca de marchas

Novo Iveco Tector: mais facilidade na troca de marchas

Novo engate reduziu em até 50% o esforço exigido na alavanca para a troca de marchas.

Novo engate reduziu em até 50% o esforço exigido na alavanca para a troca de marchas.

Para estar à frente, você precisa de uma gama de semipesados que ofereça condições de otimizar suas atividades de transporte e logística. O Novo Iveco Tector conta com versão cavalo–mecânico 4×2; além da plataforma 4×2, 6×2 e 6×4. É a Iveco trazendo novas alternativas de veículos para as mais variadas aplicações desse segmento. As versões cavalo mecânico 4×2, plataforma 4×2 e 6×2 trazem de série o reconhecido câmbio Eaton FS-6306B de seis marchas sincronizadas à frente e eixo traseiro de duas velocidades. Já a versão 6×2 traz como opção a exclusiva caixa ZF 9S1110 de nove marchas sincronizadas combinada com eixo traseiro de simples velocidade. É a melhor solução para quem utiliza o caminhão em operações eminentemente rodoviárias em trajetos de médias e longas distâncias. Complementando a gama, chega a versão 6×4 que faltava no mercado para o segmento de básculas e de betoneiras. Essa nova versão traz a exclusiva transmissão Eaton FTS 16108LL, de 10 marchas. É a única caixa sincronizada deste segmento e graças a ela, o Novo Iveco Tector é um dos caminhões mais fáceis de ser conduzidos, em um mercado onde faltam condutores especializados. Este modelo ainda vem com chassi reforçado com longarinas duplas para atender às mais severas e exigentes condições de utilização. Todos os modelos incorporam um sistema de engate de marchas desenvolvido no Brasil. O novo engate reduziu em até 50% o esforço exigido na alavanca para a troca de marchas, o que se traduz em maior conforto aos motoristas em suas viagens. O Novo Iveco Tector indiscutivelmente coloca você à frente. E com essa ampla gama de opções que a Iveco preparou para este novo semipesado, estar à frente não vai lhe exigir nenhum sacrifício. Embreagem Diâmetro do disco : 381 mm Câmbio Eaton FS 6306 B 6 marchas sincronizadas à frente Relação de 1ª marcha : 8,03:1 Relação de 6ª marcha : 1,00:1 Diferencial Arvin Meritor MS 23-240 Relação de redução : 4,56/6,21:1

Iveco Brasil
5 Comentários
  • damiao freire rosa

    pesquisei muinto e eu acho que o IVECO TECTOR 240E25S eu caminhao pra todo tipo de cevisos

  • marcyo

    mubança de macha carreta

  • celso wadson

    sera que o ronco do motor iveco cursor 13 e diferente dos scania r420 porque o ronco do iveco cursor 8 e iveco tector e diferente dos scania series p agora o ronco dos motores mercedes axor 2544 e volvo fh e igual ao ronco dos scania series r sera porque e igual

    • Iveco Brasil

      Olá, Celso. Como vai?

      A Norma Proconve limita o ruído máximo de passagem emitido pelos caminhões pesados em 80dB, porem o ruído de funcionamento do motor varia conforme suas características construtivas, como numero de cilindros, taxa de compressão, sistema de injeção, ordem de explosão, sistema de escapamento, etc. Devido aos diversos fatores cada motor possui seu som característico.
      Com as normas de emissões e ruídos cada vez mais restritas, os sons emitidos pelos motores diesel devem ficar cada vez mais similares.

      Qualquer dúvida, estamos à disposição.

      Iveco.

  • marcos castro

    gostaria de ver a caixa da iveco e nao eixo de trração.mais e valido mais fica essa lacuna.

Postar um comentário