Topo

Iveco inaugura Centro de Operações de Peças

Iveco inaugura Centro de Operações de Peças

Copi550

A Iveco dá continuidade à sua expansão no Brasil ao colocar em funcionamento, em Sorocaba (SP), o novo Centro de Operações de Peças Iveco (COPI). Com 10 mil m² de área construída e 100 mil m3 para o armazenamento de peças, o COPI foi construído para atender o cliente Iveco com “a peça certa, na qualidade certa, no lugar certo, no tempo certo”, conforme preconizado pelo World Class Logistics (WCL) do Grupo Fiat. Ao todo, foram gastos R$ 30 milhões no COPI. “Com esse investimento, vamos garantir um serviço ainda melhor e mais competitivo aos nossos atuais e futuros clientes”, explica Maurício Gouveia, diretor de Pós-Venda da Iveco na América Latina.

O projeto começou em 2007, quando a Iveco iniciou seu plano de expansão no País, com a previsão de um rápido crescimento de vendas. “E foi exatamente o que aconteceu”. Dos cerca de 62 mil veículos Iveco em circulação no Brasil, cerca de 30 mil (ou 42%) foram comercializados entre janeiro de 2007 e dezembro de 2009. Isso também significa que a frota Iveco no País cresceu praticamente 100% desde dezembro de 2006. “Nosso crescimento vai continuar e estamos prontos para acompanhá-lo”, prevê Gouveia. “E se for preciso, podemos facilmente ampliar a unidade, pois ela foi construída dentro de um sistema modular”.
Com o COPI, a Iveco começa a usar um novo software de gestão chamado, Commom Spare Parts System (CSPS), adotado mundialmente pelo Grupo Fiat e que controla totalmente a movimentação da peça no armazém, da sua entrada à sua saída. Outro software, o Click, garante controle em tempo real de estoque, administrando variáveis como a diferente aceleração de vendas dos vários modelos de caminhões da Iveco.

A Iveco movimenta hoje aproximadamente 37 mil part numbers diferentes, número que tende a crescer, porque a empresa tem lançado duas novas famílias de produtos por ano e cada novo produto significa a entrada de cerca de 4.500 novos part numbers. “Estamos prontos para o aumento do número e do fluxo de peças”, garante Gouveia.
O COPI nasceu da parceria da Iveco com a CNH, também do Grupo Fiat, que acaba de inaugurar uma nova fábrica de máquinas agrícolas e de construção em Sorocaba. A Iveco ocupa uma parte do galpão de distribuição de peças e a sinergia entre Iveco e CNH inclui administração, segurança, alimentação, controle de portarias, etc. “Dobramos de tamanho sem aumento de custo operacional”, afirma Gouveia. “E como reduzimos nossos custos, podemos ser mais competitivos. E isso é outro benefício para o cliente”.

Outro exemplo de eficiência é a agregação de carga e o despacho conjunto de peças, com a gestão das rotas e das transportadoras. “Ganhamos em agilidade e também em sustentabilidade com a utilização racional dos serviços de logística que atendem a ambas as empresas”.

Aliás, o complexo industrial onde funciona o COPI foi projetado dentro do conceito do “edifício verde”. No lugar do asfalto, cuja fabricação causa grande impacto ambiental, que impermeabiliza o solo e cria o efeito de ilha de calor, foram utilizados blocos de concreto que permitem a absorção de chuva pelo solo. Um sistema que recupera águas de chuva para uso em vasos sanitários, na jardinagem e no sistema anti-incêndio, o que diminui em 30% a necessidade de água. O teto do depósito é feito de material translúcido, que diminui a necessidade de energia elétrica em até 15%.

Iveco Brasil
6 Comentários
  • Marco Peres

    a inauguração estava ótima, Parabéns pela organização, seja bem vinda Iveco

  • casemiro

    muito obrigado iveco italia por acreditar no brasil,eu em madrid tambem confio na iveco mundial saludos casemiro

  • Ricardo Barreto Salgueiro

    Há algum tempo eu estou fazendo um trabalho acadêmico sobre a IVECO, para tanto estou buscando informações a respeito da empresa, usando como principal fonte: blogs, páginas web e publicações oficiais como da FENABRAVE, por exemplo. Mas algumas informações ainda estão faltando, se alguém puder me ajudar, segue a lista de informações:
    – A Iveco obteve muito sucesso no Brasil, inclusive dispontando como a empresa que mais aumentou sua participação no mercado em que atua. No entanto gostaria de saber se a empresa já se projetou em algum país e não obteve sucesso. Se isso ocorreu, quais foram as causas aparentes?
    – Quais os maiores obstáculos que a empresa encontra no comércio internacional?

  • Iveco Brasil

    Olá, Ricardo,

    A Iveco é uma empresa de alcance internacional. Possui 33 fábricas em 16 países e atua comercialmente em mais de 100 países.

    As estratégias para cada país varia de acordo com as características de cada um dos mercados.

    No caso da América Latina, o plano de expansão na região inclui o desenvolvimento dos mercados onde a empresa já está historicamente presente (Brasil, Argentina e Venezuela), e o lançamento da marca em países onde até então a marca não estava presente de forma estruturada. Para isso, Iveco está nomeando importadores em cada país da América Latina, que são sólidos grupos econômicos com experiência no setor automotivo. O primeiro destes importadores foi nomeado no Chile, um dos mercados mais competitivos da região. Em seguida, foi nomeado o importador da Colômbia e outros seguirão nos próximos meses.

    Estes importadores tem a responsabilidade de estruturar uma área de vendas e pós-venda, bem como a rede de distribuição nestes países. A Iveco dá o suporte em termos de produto, desenvolvendo modelos específicos para cada mercado, utilizando-se do Centro de Desenvolvimento de Produto da Iveco em Sete Lagoas (MG), inaugurado em julho de 2008. Em conjunto, Iveco e importadores decidem uma estratégia de mercado, indicando quais modelos devem ser lançados e quando devem ser lançados. Outra decisão conjunta envolve a estratégia de posicionamento comercial dos produtos.

    Desta forma a Iveco espera quadruplicar as vendas da marca nos mercados da costa do Pacífico da América do Sul em dois anos.

    Esta estratégia ainda está muito no seu começo. Foi lançada em 2009. Porém, esta é uma estratégia considerada importante porque com ela a Iveco recebeu um importante prêmio de Gestão da revista Autodata, uma das mais respeitadas publicações do setor automotivo no Brasil.

    Agradecemos o contato,

    Iveco. Você à frente.

  • Raquel

    Preciso do pisca-pisca do lado esquerdo do motorista, aquele que fica acoplado no retrovisor, o meu veículo é: Iveco- Gran furgone – 2010
    Fico no aguardo de uma resposta…

  • Iveco Brasil

    Olá, Raquel,

    Gentileza procurar uma concessionária mais próxima de você para adquirir sua solicitação.
    Para localizá-la, acesse: http://www.concessionariasiveco.com.br/.

    Agradecemos o seu contato,

    Iveco. Você à Frente.

Postar um comentário