Top

Faça uma construção sustentável

Faça uma construção sustentável

Fazer moradias sustentáveis, que gerem economia e durabilidade, pode ser mais fácil do que parece. Para orientar as pessoas que vão construir ou reformar, o Ministério do Meio Ambiente lançou uma cartilha, cujo principal objetivo é difundir práticas de obras sustentáveis aos consumidores. Veja abaixo algumas dicas.

Elaboração do projeto:

  • Preserve as espécies nativas existentes no terreno, pois elas garantem a estabilidade do solo e refrescam o ambiente.
  • Opte pela iluminação natural. Além de proporcionar economia de energia, é muito mais agradável do que a iluminação artificial.
  • Dependendo do clima da região, utilize coberturas verdes. Esse tipo de cobertura proporciona melhoria do conforto térmico e ajuda na retenção de águas pluviais.
  • Evite materiais de construção prejudiciais à saúde ou ao meio ambiente. Por exemplo, a pintura da casa pode ser feita com tintas à base de água.
  • Ao usar madeira, priorize o uso da certificada.
  • Nas áreas externas, valorize os elementos naturais no tratamento paisagístico e o uso de espécies nativas.
  • Utilize reciclados da construção e pavimentação permeável.

 

Economia de água e energia:

  • Utilize iluminação de longa vida e baixo custo. Outra solução que ajuda a economizar energia elétrica é a instalação de um “dimmer”, dispositivo que regula a intensidade luminosa, e de sensores de presença nos ambientes.
  • Na hora de equipar a residência, fique atento ao comprar os eletrodomésticos. A dica é verificar a etiqueta PROCEL (Selo Procel Eletrobras de Economia de Energia).
  • Já para economizar água, reaproveite a água da chuva.
  • Construa cisternas para armazenagem e utilize a água para regar jardins, lavagem de pátios, entre outras finalidades.

 

Descarte correto

  • Durante a reforma ou construção, separe espaços, na residência, para separação adequada de resíduos.
  • Ao contratar a caçamba para entulhos, procure saber se a empresa descarta os resíduos corretamente.
  • Certifique-se que a obra esteja de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, do MMA, que prevê a destinação correta do lixo, incentivando a reciclagem e a sustentabilidade.

 

De acordo com dados da publicação, uma casa ou prédio sustentável gera uma economia de aproximadamente 30% em sua manutenção, gasta menos água e energia elétrica e tem uma vida útil e acessibilidade muito maiores.

Fonte: Portal Ciclo Vivo

Iveco Brasil