Top

Emissões globais batem novo recorde

Emissões globais batem novo recorde

Nova pesquisa realizada pelo Instituto de Energia Renovável da Alemanha (IWR) aponta que as emissões globais de dióxido de carbono bateram um novo recorde em 2011. De acordo com o estudo, no ano passado, o mundo liberou 34 bilhões de toneladas de CO2 na atmosfera, quantidade 2,5% superior ao último recorde de emissões do planeta, registrado em 2010.

E se a atual tendência de aumento for mantida, a liberação de CO2 na atmosfera irá ter um acréscimo de mais 20% até 2020, aponta o levantamento. Isso representa uma emissão anual de mais de 40 bilhões de toneladas de dióxido de carbono no ar.

China e Estados Unidos aparecem, disparados, como os países que mais emitiram em 2011. A nação oriental foi responsável por 8,87 bilhões de toneladas de CO2 na atmosfera no ano passado, ocupando a primeira posição do ranking, enquanto o EUA aparece com 6,02 bilhões de toneladas.

O terceiro lugar ficou com a Índia, que emitiu 1,78 bilhão de tonelada em 2011 – ou seja, menos de um terço do que o segundo colocado, EUA, emitiu. Já o Brasil ocupou a 12ª posição do ranking, responsável pela liberação de 488 milhões de toneladas de dióxido de carbono no ano passado – mais do que México (464 milhões), Indonésia (453 milhões) e África do Sul (452 milhões).

A emissão de CO2 pode crescer mais 20% até 2020, segundo pesquisa.

Fonte: site Planeta Sustentável, por Débora Spitzcovsky

Rede Comunicação