Top

Cuidado e planejamento podem garantir uma viagem mais segura

Cuidado e planejamento podem garantir uma viagem mais segura

cuidadoestradas

Quando a estrada é o seu local de trabalho, ter cautela é algo imprescindível. Dirigir não é simplesmente conduzir um veículo. É cuidar pelo transporte e bem-estar das pessoas que estão ali envolvidas.

Em período de férias e feriados prolongados, esse cuidado nas estradas deve redobrar. Viajar é um momento de descanso e descontração e não de surpresas desagradáveis. Acidentes podem ser evitados, se cada motorista planejasse melhor a sua viagem, conhecendo as rotas por onde vai transitar.

Leia abaixo algumas dicas da 4ª Superintendência Regional de Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais sobre o cuidado nas estradas:

Chuva: agrava a falta de visibilidade e torna a pista escorregadia. Se não houver uma visibilidade mínima segura à frente deve-se parar em locais seguros como postos de gasolina ou totalmente no acostamento, ligando o pisca alerta. Se houver condições de visibilidade deve-se diminuir a velocidade, manter aos faróis acesos mesmo durante o dia. Procure não frear bruscamente. Se estiver trovejando, não pare sob árvores.

Na neblina: use apenas faróis baixos e a iluminação de neblina. Farol alto diminui a visibilidade e prejudica o condutor do veículo a frente e dos que vêm no sentido contrário.

Óleo na pista: principalmente em curvas é a causa de muitos acidentes. Coloque ramos de árvores para sinalizar e avise imediatamente a Polícia Rodoviária.

Crianças: devem viajar no banco de trás, salvo exceções do Código de Trânsito Brasileiro, e sempre com o cinto de segurança ou cadeirinha específica.

Bebidas: não as utilize se for dirigir ou durante a direção.

Refeições: procure refeições bem leves antes de dirigir, para evitar o sono e um eventual mal-estar.

Cinto de Segurança: Obrigatório para todos os ocupantes dos veículos, em todo o território nacional.

Faróis: não faça guerra de faróis. Ao cruzar com outro veículo, use os faróis baixos.

Declives: desça sempre com o veículo engrenado. Principalmente veículos transportadores de carga.

Sinalização: Use o triângulo, e se necessário, utilize pequenos galhos de árvores. Não use pneus sobressalentes, pedras ou troncos para sinalizar. Após os reparos retire a sinalização para não correr o risco de ser notificado.

Roteiro e Horário: prepare antecipadamente seu roteiro, confira se há problemas nas rodovias que pretende utilizar. Programe seu horário de saída e chegada de modo a não precisar utilizar o excesso de velocidade. Não tenha pressa em chegar.

Ultrapassagens: faça com segurança, respeitando a sinalização, observe se outro veículo atrás de você não tomou a iniciativa primeiro.

Velocidade: respeite a velocidade sinalizada na rodovia, pois ela vai lhe garantir maior segurança durante o trajeto.

Em cruzamentos e trevos: Diminua a velocidade e redobre a atenção, faça as conversões corretamente.

Frenagem: acione o freio firme e gradualmente, utilizando a embreagem somente no momento próximo à parada do veículo (o freio do motor tem grande importância na eficiência de frenagem).

Revisão: verifique sempre o estado de seu veículo e sua documentação. Pneus devem estar em bom estado de conservação e segurança, assim como o sistema de iluminação, o limpador de pára-brisas e o cinto de segurança.

Equipamentos: não se esqueça do extintor, estepe, triângulo, macaco e jogo de ferramentas.

Fique atento a essas dicas e proporcione uma excelente viagem a você e a todos os motoristas que se depararem com o seu veículo nas estradas!

Se você precisa de ajuda para planejar sua viagem, baixe aqui gratuitamente o aplicativo da Iveco para o iPhone. Para mais informações sobre essa ferramenta, clique aqui.

Rede Comunicação