Topo

Concessionária Servel reúne 300 pessoas para receber a Caravana Siga Bem

Concessionária Servel reúne 300 pessoas para receber a Caravana Siga Bem

servel300

Caravana Siga Bem na concessionária Servel

 Após cruzar 11 Estados brasileiros e percorrer 5,2 mil quilômetros com seus quatro caminhões Stralis, a 5ª edição da Caravana Siga Bem finalmente realizou seu primeiro evento na região Nordeste do país.  A festa ocorreu nesta terça-feira, 11 de janeiro, na concessionária Servel Veículos, da Iveco, localizada na cidade de Nossa Senhora do Socorro (SE).

Patrocinado por Petrobras, Petrobras Distribuidora e pela própria Iveco, o projeto, que tem como objetivo combater a violação dos direitos de mulheres, crianças e adolescentes nas estradas brasileiras, promoveu palestras e apresentações culturais para cerca de 300 pessoas.

Durante todo o dia, aproximadamente 40 crianças subiram ao palco do evento para cantar músicas sertanejas, tocar teclado e dançar techno brega – estilo musical muito difundido no Norte e Nordeste do Brasil. Com faixa etária entre 7 e 18 anos, todas elas fazem parte do CEINFA (Centro de Integração da Família), organização apoiada por postos da rede BR que ensina arte para duas mil pessoas de bairros carentes de Aracaju.

Os jovens, além de mostrar seus dotes artísticos, puderam receber orientações da Polícia Rodoviária Federal (que continuará fazendo parte de todos os eventos da Caravana Siga Bem): eles assistiram a vídeos que tratam de segurança no trânsito e brincaram sobre o tabuleiro gigante do jogo “Trilha Cidadã”, que, de maneira lúdica, lhes forneceu informações sobre cidadania e meio ambiente. 

Siga Bem Mulher e SEST SENAT

palestra500

Jovens assistem a video educativo da Polícia Rodoviária Federal

Antes de dar espaço a projetos sociais que cuidam de crianças carentes, a Caravana Siga Bem promoveu palestra sobre o combate à violação dos direitos da mulher para 14 caminhoneiros. Esteve à frente da conversa a delegada Georlize Costa, coordenadora do Posto de Atendimento a Grupos Vulneráveis de Aracaju, que orientou os carreteiros sobre como denunciar casos de agressão ao sexo feminino.

“Em 2010, só na cidade de Aracaju, nós trabalhamos com mais de três mil ocorrências de agressão à mulher”, conta ela. “Por isso, é uma grande oportunidade conversar com os caminhoneiros aqui na Caravana e tentar transformá-los em defensores da cidadania e protetores das mulheres”.

O SEST SENAT, por sua vez, avaliou a saúde dos trabalhadores da estrada: durante o evento, a entidade realizou gratuitamente um total de 75 exames de pressão arterial nos caminhoneiros. Oito deles (mais de 10%) estavam com a pressão alta. Os visitantes ainda puderam cortar ao cabelo (nove pessoas o fizeram) e receber massagem (17 pessoas foram massageadas). “É bom chegar de uma longa viagem e encontrar esses serviços”, afirma o carreteiro Carlos Tadeu, de Congonhal (MG), que trabalha para a transportadora Rodolatina e dirige um Stralis. “Estou vindo de Belém e aqui pude relaxar um pouco”.

Carlos também foi um dos 37 caminhoneiros que participaram do concurso Caminhoneiro do Ano, que, ao final da Caravana, premiará o vencedor com um Stralis 0 km no valor de R$ 300 mil. Foram feitos 97 testes de conhecimento.

O diretor administrativo da Servel, Henrique Menezes Júnior se disse “impressionado” com a estrutura da Caravana Siga Bem. “É um evento que satisfaz os clientes e ajuda na divulgação de projetos sociais relevantes. Espero que isso aconteça mais vezes”, disse ele.

O evento da Caravana Siga Bem foi encerrado no final do dia, com um show de uma banda de forró profissional da cidade sergipana de Lagarto. Equipados com zabumba, viola, triângulo e berrante, eles fizeram show para cerca de 50 pessoas. 

Fonte: Reportagem enviada pela assessoria de imprensa do evento.

Rede Comunicação
Nenhum comentário

Postar um comentário