Topo

Como o ruído pode afetar a vida do caminhoneiro

Como o ruído pode afetar a vida do caminhoneiro

Fala, amigos(a) caminhoneiros(as)! O assunto de hoje é sério. Sabemos que durante a rotina pesada das entregas na cidade ou nas estradas, as longas horas de trabalho, afetam a sua saúde. E, quando falamos de saúde, a perda da audição é um dos problemas comuns na vida dos caminhoneiros(as)! Você sabia?

Sim, você leu certo! Para quem trabalha diretamente como motorista profissional realizando entregas, o barulho do motor, do trânsito, buzina e rádio são alguns dos ruídos que prejudicam os ouvidos no dia a dia. Saiba mais clicando aqui.

Geralmente, quando você fica exposto a barulhos acima de 70 dB, o som pode causar irritação e dor de cabeça. Se chegarem a 80 dB, a sua audição pode ser prejudicada. Os primeiros sintomas acontecem com a dificuldade de ouvir as pessoas e, ao longo do tempo, a surdez aparece em níveis elevados, o que dificulta ao próprio motorista perceber o seu problema.

Numa pesquisa realizada por profissionais de fonoaudiologia com 400 caminhoneiros do interior de São Paulo, conseguiram perceber como anda a saúde dos nossos amigos da estrada através de um questionário. E o resultado impressionou.

Do total, 68.3% trabalham de 9 a 17 horas por dia (o que aumenta o problema da audição por ter contato além do tempo necessário com sons externos); têm horas de sono com alta variação (dorme-se pouco, o que é errado, durante o sono o corpo faz a chamada manutenção dos nossos órgãos); e têm hábitos de consumo errados que pioram os sintomas, como viajar com vidros abertos, ar-condicionado ligado por horas e até ingestão de café puro para dar aquela forcinha na viagem.

Confira a pesquisa completa clicando aqui!

Outros estudos realizados no Canadá por Seshagiri B., avaliaram os ruídos que os motoristas de caminhão eram expostos durante o período de trabalho e viram que, quando as janelas estão fechadas e o rádio desligado, a redução dos sons é significativa. Já com a janela aberta e o rádio ligado, o aumento dos sons é perigoso, já que durante as 8 horas normalmente, o caminhoneiro vai além do limite permitido para garantir a sua saúde auditiva.

No Brasil, a Pontifícia Universidade de São Paulo, estudou mais 111 motoristas de ônibus e 157 de caminhão, com um tempo de 2 a 3 anos de trabalho na profissão. Os níveis chegaram a 80,3 dB para os motoristas de ônibus e 87 dB para os de caminhão.

Leia a pesquisa clicando aqui .

MAS E A SOLUÇÃO?

Quem é caminhoneiro(a)/motorista deve ficar ligado(a) aos níveis de som aos quais está exposto. Ao longo dos anos, a PAIR (Perda Auditiva Induzida por Ruído) pode refletir em outros sintomas. Já falamos da sensação de ouvido tampado, e aquele zumbido constante no seu ouvido, dificultando na hora de conversar e entender o que os outros estão falando.

As soluções para diminuir os efeitos negativos do excesso de ruído começam com a mudança de hábitos. Dirigir com os vidros fechados e sem música, ou, caso ligue o som, deixar no volume mais baixo. Outra opção é deixar os vidros abertos apenas em alguns momentos do seu dia.

Outro ponto para ficar atento(a) são as lombadas e buracos na pista, que fazem o impacto ser maior na cabine e, consequentemente, criam mais barulho no caminhão. Algumas cabines, como as dos novos modelos do Tector, evitam isso. A sua cabine tem suspensão diferenciada, e, ao passar por lombadas, você não sente o impacto, o barulho ou algum tipo de desconforto.

A manutenção também é muito importante. É através dela que você evita barulhos devido a falhas ou problema em alguma peça, o que aumenta com o tempo o nível de ruídos. Assim, menos exposição você terá a esses sons.

A nossa última e importante dica casa perfeitamente com as paradas que você faz enquanto realiza aquela entrega. Chama-se repouso acústico o momento em que você deixa os seus ouvidos descansarem, evitando qualquer tipo de barulho, dando foco para a recuperação dos seus ouvidos.

Com pequenos cuidados na sua jornada de trabalho junto ao volante, mudando alguns hábitos, e com um caminhão que dê conforto ao dirigir, como o novo IVECO Tector, você consegue preservar a sua saúde.

O ruído é apenas um dos problemas que você enfrenta dirigindo, e a audição é extremamente importante na sua vida pessoal e profissional. Por isso, fique atento à quantidade de barulho que você está exposto e cuide sempre do seu bem-estar!

Nos diga o que achou das dicas! Sua cabine é silenciosa? No post anterior do nosso blog, nossos amigos falaram um pouco sobre isso nos novos modelos da família Tector, leia aqui.

Iveco Brasil