Top

Carga aérea

Carga aérea

A Itaipu Binacional trabalha no projeto do primeiro avião elétrico brasileiro. A ideia é reproduzir nos ares a mesma fórmula de conversão do sistema de propulsão a combustão para os veículos elétricos que circulam nas instalações da empresa.  O protótipo foi cedido pela ACS Aviation, de São José dos Campos (SP), e a primeira decolagem com emissão zero deve ocorrer em agosto, na pista de Itaipu.

O engenheiro Celso Novais, coordenador do projeto, diz que a nova linha de pesquisa vai se somar ao conhecimento sobre o uso de materiais compostos, altamente resistentes, para a redução do peso dos protótipos elétricos. “Não há setor que entenda mais sobre esse assunto que as empresas aeronáuticas”, afirma Novais. Também nos carros, o fator é determinante para contribuir para uma maior autonomia, um dos maiores entraves para a disseminação dos elétricos. “A ACS desenvolveu, por exemplo, uma asa que é tão resistente que suporta dez sacos de cimento em cada lado. Ao mesmo tempo, é tão leve que é possível levantá-la com um dedo. Nós poderemos ser uma referência nesse segmento, pois neste setor todos estão começando, não tem ninguém que esteja muito à frente. Nosso avião será um dos mais avançados no mundo”, afirma Novais.

Desde 2009 a Itaipu já utiliza o Daily Elétrico, desenvolvido em parceria com a Iveco. O Daily Elétrico é o primeiro caminhão do país movido à energia 100% limpa e renovável e totalmente livre da emissão de poluentes no meio ambiente. Além disso, eles também utilizam várias Palio Weekend movidas à bateria.

Fonte: Planeta Sustentável,  por  Revista Quatro Rodas

Rede Comunicação