Topo

A importância de uma boa noite de sono

A importância de uma boa noite de sono

Dormir mal ou não conseguir dormir é um problema que vem crescendo nos últimos dez anos, segundo a Sociedade Brasileira do Sono. A Organização Mundial da Saúde calcula que 40% da população brasileira sofra de algum distúrbio do sono. Já a insônia crônica, aquela que persiste há pelo menos três meses, chega a atingir 15% da população do país, o que representa 28,6 milhões de pessoas.

A maioria da população precisa de, em média, sete a oito horas de sono, mas há também aquelas que necessitam entre dez e 12 horas de sono para se sentirem descansadas. Além do tempo, a qualidade também influencia. O sono noturno é considerado o mais importante, pois a evolução do estágio 1 ao estágio REM é mais rápida. O estágio 1 é aquele em que o indivíduo que está dormindo pode ser acordado facilmente. Já o estágio REM (do termo inglês rapid eye movements, que significa rápido movimento dos olhos) é aquele em que ocorrem os sonhos.

O segundo estágio é importante para estabelecer a reorganização sináptica cerebral (responsável pela transmissão de impulsos nervosos) e para o equilíbrio em áreas cerebrais relacionadas especialmente com a consolidação da memória, o aprendizado e funções psíquicas.

Profissionais com longas jornadas de trabalho, como médicos e caminhoneiros, costumam colocar a saúde em risco quando deixam de dormir para cumprir o horário. Por essa razão, precisam ficar atentos à quantidade e à qualidade do sono.

A maioria da população precisa de, em média, sete a oito horas de sono.

Fontes: Diário do Grande ABC, Amazonas 24 Horas e Com Saúde

Rede Comunicação
Nenhum comentário

Postar um comentário