Topo

Rodovias mais perigosas

Rodovias mais perigosas

Bonitas, curvilíneas, retas, nas montanhas ou até perto do mar… Cada estrada brasileira tem uma particularidade que atrai o olhar dos caminhoneiros que por ali transitam. Mas será que eles estão cientes dos riscos de determinados trechos?

Grande parte dos acidentes acontece em determinadas vias e, muitas vezes, por falta de atenção dos motoristas. Por isso, criamos este post com as rodovias mais perigosas para servir de alerta aos estradeiros. Se passar por alguma das autoestradas citadas abaixo, redobre o cuidado!

BR-101 – Santa Catarina

Em apenas 10 km dessa estrada passam em torno de 175 mil veículos diariamente. Os acidentes, em sua maioria, são causados por desatenção dos motoristas e não estão ligados ao estado da via. São registrados mais de 40 acidentes mensalmente, em muitos casos com vítimas fatais.

BR-040 – Minas Gerais

Essa estrada é um grande desafio para os caminhoneiros, pois não há mureta separando as pistas, assim qualquer descuido pode ocasionar um grave acidente. De acordo com reportagem do Jornal Nacional do dia 8/07/16, o que mais chama atenção no trecho é o alto número de ocorrências ocasionadas por cansaço e sono dos motoristas.

BR-116 – Paraná

As ultrapassagens indevidas, principalmente por parte de caminhões, ocasionam tombamentos de veículos e transformaram essa estrada em uma via muito perigosa! Em especial, um trecho perto de Curitiba que teve recordes de acidentes nos últimos anos.

BR-262 – Espírito Santo

O grande número de curvas e as ultrapassagens irregulares demandam uma grande atenção dos motoristas que trafegam pela BR-262.  Além disso, as altas velocidades de alguns carros por “pressa” e ansiedade dos motoristas são outro fator que pode ocasionar acidentes.

Agora, você já conhece os motivos e em quais trechos deverá tomar muito cuidado. Lembre-se sempre de verificar o caminhão antes de ir para estrada, usar cinto de segurança e, caso esteja muito sonolento, fazer uma parada.

Você possui alguma outra dica de rodovias perigosas? Compartilhe em suas redes sociais e faça um alerta para os amigos estradeiros!

 

Iveco Brasil