Topo

Contaminação de água por pneu e óleo

Contaminação de água por pneu e óleo

Contaminação de água por pneu e óleo

O que você faz com o pneu do seu caminhão quando ele está careca ou sofreram algum tipo de dano durante uma viagem? O destino desse objeto pode trazer muitos dados ao meio ambiente. Grande aliado do estradeiro, o pneu, quando despejado de forma incorreta, pode se tornar um grande vilão. Sua queima, quando não é controlada, libera poluentes e componentes químicos prejudiciais à atmosfera, sendo que muitos são classificados como os mais tóxicos já produzidos pelo homem.

Outro fator que devemos preocupar é o descarte de óleos lubrificantes. Ao cair no solo, o óleo pode impactar negativamente ao inutilizar totalmente uma agricultura, atingir lençóis freáticos e aquíferos. Por isso, antes de descartar esses matérias, os consumidores devem buscar por empresas que se preocupem com a venda do produto e também com todo os resíduos gerados durante o processo.

Só no Brasil, mais de 40 empresas já foram homologadas pelo IBAMA para realizar diferentes tipos de destinação dos pneus. Já a fiscalização do óleo fica por conta do CONAMA, artigo 11º nº 363, que obriga o Ministério do Meio Ambiente a manter e coordenar um grupo que monitore de forma permanente.  Além disso, existe também o Programa de Monitoramento da Qualidade dos Lubrificantes (PMQL).

Ajude a preservar o meio ambiente!

 

Iveco Brasil