Topo

Conheça os estados mais perigosos para o transporte de cargas no Brasil

Conheça os estados mais perigosos para o transporte de cargas no Brasil

Entre as maiores preocupações de quem irá pegar a estrada, a segurança está sempre em primeiro lugar, principalmente quando o assunto é transporte de cargas. E tal receio é justificável: entre 2011 e 2016, o número de roubo de cargas registrado no Brasil subiu 86%, segundo dados do Firjan.

Uma pesquisa recente divulgada e realizada pelo Joint Cargo Committee mostrou que o Brasil é o oitavo país mais perigoso para transportar carga. Quando excluídos da lista locais em situação de guerra, como a Síria e o Sudão, passamos a ocupar o topo do ranking.

O estudo considerou trechos da BR-116, entre São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro, da SP-330, entre Uberaba e Santos, e da BR-050, entre Brasília e Santos.

Os estados brasileiros que se destacaram como os mais perigosos para transportar cargas foram São Paulo e Rio de Janeiro. No entanto, a velocidade com que o crime cresceu no estado carioca chama a atenção. Em 2011, cerca de 25% dos casos ocorreram no Rio – percentual que saltou para 43% em 2016.

Em São Paulo, as vias mais perigosas são Anhanguera (SP-330), Régis Bittencourt, Dutra, Bandeirantes e Castelo Branco. Já no Rio de Janeiro, são as cidades de São Gonçalo e Niterói; os bairros Santa Cruz e Campo Grande; a BR-040 (Rio-Teresópolis) e a BR116 perto da Serra das Araras.

Para reduzir os riscos no transporte de cargas, algumas ações podem ser tomadas:

  • escolher locais movimentados e bem iluminados para descansar;
  • traçar rotas que possuam um índice mais baixo de roubos;
  • não revelar a estranhos a natureza da carga, trajeto ou destino.

Gostou do artigo? Não deixe de nos acompanhar para ficar por dentro de todas as novidades das estradas!

Iveco Brasil