Topo

As lendas urbanas das estradas

As lendas urbanas das estradas

Dirigindo sozinho durante a noite… Por horas e horas e várias estradas… O ambiente perfeito para uma boa história de terror, não é? Foi assim com muitos caminhoneiros que rodam o Brasil e contam cada caso de arrepiar os cabelos!

Alguns foram sendo eternizados, ganharam destaque nas rodas de bate-papo durante as paradas e acabaram virando lendas. Mas tem gente que jura de pé junto que não é história que nada! Vamos descobrir quais são as principais que assombram as vias por aí?

A noiva da estrada

Não se sabe em qual região essa lenda surgiu, mas a variação é muito pouca. Contam que, em uma noite muito escura, um caminhoneiro atravessou uma faixa da via e acabou atropelando uma moça muito jovem, que tinha como seu maior desejo casar de véu e grinalda.

Ela não resistiu aos ferimentos e, para se vingar, percorre as estradas vestida de noiva assustando os motoristas, pedindo carona e sumindo logo após. Você teria coragem de verificar para onde ela foi? Tem que ter muita coragem.

A loira desamparada

Em uma noite bastante chuvosa, uma mãe de uma cidadezinha do interior foi buscar auxílio na estrada para conseguir levar seu filho, um bebê de colo, até o hospital da cidade mais próxima que ficava a 30 km de distância.

O tempo foi passando e ela não conseguia ajuda, mesmo gritando e implorando para que os veículos parassem.  E, por conta da baixa visibilidade, um caminhão não os viu e os atropelou, causando-lhes a morte ali mesmo.

Com o passar dos anos, vários caminhoneiros relataram que viram uma mulher pedindo carona e tentando fazer com que seu caminhão tombasse. Pouco antes do acidente acontecer, é possível ouvir os gritos e choro do bebê.

Sinistro, não?

A rodovia fantasma

Contam por aí que um grupo de amigos um dia pediu informações sobre uma trilha para um caminhoneiro, porém ele os alertou para não pegar o caminho da antiga estação ferroviária, pois era um local mal-assombrado, pois houve um acidente terrível no local. Porém, os jovens quiseram economizar tempo e arriscaram passar pelo local.

Ao chegarem perto, começaram a ouvir barulhos e ver vultos assustadores! Voltaram correndo e não encontraram o caminhoneiro no local em que ele estava. Será que o caminhoneiro estaria envolvido no acidente antigo?

O motociclista

Alguns motoristas das grandes vias relatam que, ao dirigir pela madrugada, reparam em um vulto em alta velocidade que vai e volta pelo lado da porta do motorista. Quando param para olhar percebem que é um motociclista estacionado, mas no lugar dos olhos possui apenas manchas brancas.

Após o encontro visual, ele volta a sua maratona de ir e vir em alta velocidade em cima da motocicleta até desaparecer. Não se sabe se é o espírito de alguém que morreu no local ou algo para assustar os motoristas que passam pela área. O que se sabe é que ninguém consegue fechar os olhos após encontrar essa aparição.

Gostou dos nossos contos? Qual você já ouviu pela estrada? Conte nos comentários e vamos ver quais outras lendas também correm as estradas brasileiras.

Iveco Brasil