Topo

Agora e Sempre: conheça os tipos de caminhões do mercado brasileiro

Agora e Sempre: conheça os tipos de caminhões do mercado brasileiro

Hoje, em mais um dia de comemorações pelos sete anos do Blog da Iveco, vamos relembrar o Iveco Tector Stradale, desenvolvido para atender a todas as exigências dos motoristas de transporte de cargas. Lá em 2009, o Stradale já era conhecido como o “estradeiro mais moderno do Brasil”. Por se encaixar na categoria dos semipesados, ele era ideal para o trabalho na estrada, com grande potência e direção segura.

Inspirados nessa capacidade e eficiência, vamos falar um pouco sobre a diferença entre caminhões nos quesitos potência e força de trabalho. Os caminhões podem ser divididos nas categorias: Veículo Urbano de Carga (VUC), toco ou semipesado e truck ou caminhão pesado.

Os Veículos Urbanos de Carga (VUC) são aqueles que se adequam melhor às vias urbanas. Com largura máxima de 2,2 metros e comprimento máximo de 6,3 metros, eles possuem capacidade de carga máxima de três toneladas. Nessa categoria, a Iveco possui a linha Daily.

Já os semipesados (como o Stradale) possuem eixo simples na carroceria. Ideais para o trabalho na estrada, eles suportam uma carga de até seis toneladas. De comprimento não passam de 14 metros. O Iveco Tector é um bom exemplo dessa categoria.

Por fim, os chamados de Truck ou Pesados, possuem eixo duplo na carroceria, o que permite o transporte de cargas maiores (suportam até 14 toneladas). Assim como os semipesados, podem ter até 14 metros de comprimento, como o Iveco Hi-Way e o Iveco Stralis.

Relembre as propriedades do Iveco Tector Stradale, lançado em 2009.

 

Iveco Brasil