Topo

6 dicas para evitar acidentes de trânsito nas rodovias

6 dicas para evitar acidentes de trânsito nas rodovias

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o quarto país com mais acidentes de trânsito na América. Assustador, né? Por isso, ter prudência e muita atenção nas estradas é essencial para manter a sua segurança e a do outro.

Ao contrário do que se imagina, a maioria dos acidentes de trânsito acontecem durante o dia e com a pista seca. Selecionamos as seis principais causas de acidentes nas rodovias. Confira:

1. Grandes distâncias

Motoristas acima da velocidade com prazos apertados percorrem grandes distâncias e, na maioria das vezes, sem descanso. Isso ajuda a diminuir os reflexos e gera um cansaço extremo, que muitas vezes pode ser fatal. Por isso, planeje bem a rota da sua viagem.

2. Ultrapassagens perigosas

Não se deve ultrapassar em locais em que a sinalização não permite, nem em pontos proibidos, como curvas, pontes e cruzamentos. Fique atento à sinalização e use o bom senso em locais em que a ultrapassagem é permitida.

3. Excesso de velocidade

Correr demais com o seu bruto não é aconselhável. Se estiver carregado ou sem carga, os cuidados devem ser os mesmos. Em alta velocidade, a frenagem pode ficar comprometida e ser tarde demais para parar quando necessário. Respeite os limites de velocidade.

4. Confiança exagerada

Muitos acidentes acontecem quando os motoristas dão aquela “relaxada ao volante”. Mantenha o foco até no momento de estacionar seu veículo.

5. Rodovias em estado precário

Alguns trechos de circulação intensa de veículos se não restaurados, podem ficar difíceis de transitar. Por isso, não arrisque em buracos ou estradas em desnível. Tenha cautela e dirija sempre com cuidado.

6. Álcool e direção não combinam

Não há como falar de acidentes de trânsito sem lembrar que essa combinação não dá certo. A Lei Seca freou a crescente de acidentes que existia no Brasil e é modelo para outros países. Mas ainda assim, todo cuidado é pouco.

Gostou das dicas? Se tiver mais alguma, conta pra gente nos comentários.

Iveco Brasil