Topo

10ª etapa: Equipe Iveco continua no pódio do Rally Dakar 2017

10ª etapa: Equipe Iveco continua no pódio do Rally Dakar 2017

Gerard De Rooy, em terceiro no geral, e seus companheiros, Ton van Genugten, Wuf van Ginkel e Federico Villagra, quarto colocado na categoria caminhões, se preparam para mais um dia de muita emoção na 10ª etapa do Rally Dakar 2017, que começa em Chilecito e termina em San Juan, na Argentina.

Enfrentando o clima adverso, o time Iveco confia na durabilidade do Powerstar e do Trakker para percorrer 751 quilômetros. Movido pelo potente motor Cursor 13, da FPT Industrial, os veículos estão prontos para levar os pilotos ao pódio no trecho que marca a série final do rali.

Amanhã o Dakar chega à penúltima etapa, em Rio Cuarto, e se aproxima de Buenos Aires, ponto de chegada da competição automotor mais disputada do mundo. Detalhes e informações do rali no site www.iveco.com/dakar.

Acompanhe os principais destaques da prova dia a dia:

Etapa 1 – Assunção > Resistência

Os nervos estavam à flor da pele na primeira etapa do rali. O destaque ficou para a novidade do trecho, já que o Paraguai entrou pela primeira vez na rota dos competidores.

Etapa 2 – Resistência > San Miguel de Tucumán

Os veteranos acham que conhecem a Argentina, mas eles ainda não encontraram o “Chaco”, o terreno de giz, poeirento no calor e lamacento na chuva. Nesta região, a paciência e a cabeça fria foram essenciais para os competidores.

Etapa 3 – San Miguel de Tucumán > San Salvador de Jujuy

Aumento da temperatura e da altitude! Este foi o primeiro teste real em termos de resistência das equipes. Exceto para os caminhões, que não percorreram o trecho mais difícil da prova.

Etapa 4 – San Salvador de Jujuy > Tupiza

Nesta etapa, o Dakar alcançou a altitude de cruzeiro. Poucos já tiveram a experiência neste terreno que exige uma técnica especial de escalada.

Etapa 5 – Tupiza > Oruro

Esta é uma das fases mais exigentes do rali. O espírito do Dakar de garra, força e desafio se encontra aqui. Aqui Gerard de Rooy conseguiu garantir mais uma vitória. O piloto holandês liderou desde o começo e terminou a rota com 2h39m12s, quase doze minutos menos do que Eduard Nikolaev (Kamaz).

Etapa 6 – Oruro > La Paz

A etapa foi cancelada devido ao mau tempo.

Etapa 7 – La Paz > Uyuni

Graças ao cancelamento da etapa anterior, a etapa entre La Paz e Uyiuni foi encurtada. Ton van Genugten e Federico Villagra tiveram um grande dia durante a sétima etapa do Dakar, a bordo do Trakker e do Powestar, e terminaram o trajeto na segunda e na terceira colocação respectivamente. Com o resultado, Villagra se mantém no Top 5 do rali. Gerard De Rooy, com o Powestar e com a força do motor Cursor 13, da FPT Industrial, conquistou o quarto lugar e continua na liderança da competição.

Etapa 8 – Uyuni > Salta

Pela primeira vez, Salta entrou na rota do Rally Dakar. Nesta etapa off-road especial, a travessia de vales com vários setores de dunas oferece as paisagens mais belas.

Etapa 9 – Salta > Chilecito

Etapa foi cancelada devido ao mau tempo.

Etapa 10 – Chilecito > San Juan

Enfrentando o clima adverso, o time Iveco confia na durabilidade do Powerstar e do Trakker para percorrer 751 quilômetros. Movido pelo potente motor Cursor 13, da FPT Industrial, os veículos estão prontos para levar os pilotos ao pódio no trecho que marca a série final do rali.

Amanhã, dia 13, o Dakar chega à penúltima etapa, em Rio Cuarto, e se aproxima de Buenos Aires, ponto de chegada da competição automotor mais disputada do mundo.

 

Classificação Geral – Dakar 2017

  1. Dmitry Sotnikov (Kamaz) 17h52m20s
  2. Eduard Nikolaev (Kamaz) + 1m46s
  3. Gerard de Rooy (Iveco) + 2m20s
  4. Federico Villagra (Iveco) + 29m06s
  5. Pascal de Baar (Renault) + 45m34s

—————————

  1. Ton van Genugten (Iveco) + 6h04m25s
  2. Wuf van Ginkel (Iveco) + 7h18m17s
Iveco Brasil